Michelin encerra atividades na região

A Plantações Edouard Michelin de Mato Grosso, do grupo francês Michelin, está encerrando as atividades em definitivo na região sul do Estado. A área remanescente da Michelin no distrito de Ouro Branco do Sul, em Itiquira, com cerca de 800 hectares, foi vendida agora ao Grupo Maggi, que, no fim de 2009, já havia comprado 8.000 hectares do grupo francês. Os funcionários remanescentes da Michelin foram comunicados do encerramento das atividades no dia 18 deste mês.

O gerente de Recursos Humanos da Plantações Michelin de Mato Grosso, Ubirajara Swinerd, justificou que o encerramento das atividades se deve, primeiramente, à baixa produtividade das seringueiras e, agora, devido às dificuldades logísticas para o beneficiamento de borracha natural na região. “As dificuldades logísticas tornaram as atividades da empresa na região inviáveis”, explicitou.

No final de 2009, o Jornal A TRIBUNA havia noticiado que o grupo francês estava encerrando o cultivo da seringueira na região em função das condições climáticas desfavoráveis para a produção, que resultavam em produtividades inviáveis. Com isso, a empresa manteve apenas uma fábrica de beneficiamento de borracha natural e um laboratório de pesquisa na área de seringueira – que estão sendo desativados agora. Na época, a empresa empregava em torno de 580 pessoas na região.

Ubirajara Swinerd informa que em torno de 50 funcionários ainda estão ligados ao grupo francês, a maioria atuando ultimamente na usina de beneficiamento e poucos deles na área de pesquisa. Com o fim das atividades, o gerente esclareceu que todos os funcionários demitidos serão devidamente indenizados, contando com um amplo plano social de benefícios. Alguns dos empregados vão ser aproveitados em outras unidades do grupo francês no país.

O gerente de Recursos Humanos contou que, no fim de 2009, com o encerramento do cultivo da seringueira na região, um total de 110 famílias ligadas à empresa foram beneficiadas em um programa social na área da agricultura familiar. Para essas famílias, a Plantações Michelin destinou 1.100 hectares das suas terras. Somando os 8.000 hectares vendidos inicialmente, os 1.100 hectares destinados à agricultura familiar, mais os 800 hectares remanescentes, o grupo francês detinha aproximadamente 10.000 hectares em Itiquira.

Foram mais de 30 anos de atuação do grupo francês na região sul de Mato Grosso. Ao longo desse tempo, contribuiu decisivamente no desenvolvimento e povoamento de Ouro Branco do Sul. No ápice da sua produção, chegou a ser uma das maiores empregadoras da região sul do Estado, com cerca de 1.500 empregados. Agora pretende manter na região apenas algumas pesquisas em relação à seringueira.


Com o encerramento do cultivo da seringueira na região, um total de 110 famílias ligadas à empresa foram beneficiadas em um programa social na área da agricultura familiar

Fonte: A Tribuna – MT

http://www.seringueira.com/br/michelin-encerra-atividades-na-regiao-2/