Curiosidades

Mercado de caminhões pesados pode cair mais 15%

Publicado em 17/02/2016

O fundo do poço para o mercado de caminhões pesados e semipesados ainda não chegou. O segmento pode ter uma retração de até 15% em 2016. A avaliação foi feita nesta terça-feira (16), em entrevista coletiva da Volvo América Latina, em São Paulo, pelo diretor de Caminhões da montadora, Bernardo Fedalto. No ano passado, a empresa vendeu pouco mais de um terço dos veículos comercializados em 2014. Foram 6.722 unidades contra 18.832.

Os diretores da empresa procuraram demonstrar otimismo e avaliaram que, apesar da grave crise econômica, a marca “acertou” ao apostar no mercado brasileiro. Nos últimos anos, a montadora investiu cerca de US$ 800 milhões na planta de Curitiba. A empresa continua na liderança em caminhões pesados, com uma participação de mercado de 29,6%, quase um terço de todos os veículos desta categoria comercializados no ano.

Os caminhões semipesados da linha VM também tiveram resultado satisfatório, segundo a empresa. Neste segmento, a marca conquistou 12,3% de participação no ano passado, resultado muito semelhante aos 12,6% conseguidos em 2014. “Independentemente da situação do mercado ser boa ou ruim, tivemos um desempenho consistentes e mantivemos a liderança no segmento”, afirma Fedalto.

Leia a notícia na íntegra no site da Revista Carga Pesada

Fonte: Revista Carga Pesada