Mato Grosso inicia ano abatendo mais bovinos

16/02/2018

Na última semana o Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) tornou disponíveis os dados do abate de bovinos mato-grossenses em janeiro deste ano. Foram abatidos 451,43 mil animais no período, volume 4,16% maior que o registrado em dezembro de 2017 e, no comparativo anual, o crescimento registrado foi de 5,62%.

Segundo análise do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), os efeitos sazonais da pecuária ganham cada vez mais “corpo” nos dados gerais, visto que o avanço das fêmeas (frutos de descarte) nas linhas de abate é considerável. A quantidade de fêmeas abatidas cresceu 24,79% no comparativo mensal e atingiu uma representatividade de 48,33%.

“Caso siga a sazonalidade histórica, esta maior participação das fêmeas no abate total pode prosseguir até maio, e isso liga o sinal de alerta do pecuarista que está segurando seus animais buscando valorização dos preços no curto prazo, pois o aumento na oferta de animais, a manutenção dos bovinos no pasto e a projeção de queda nos preços podem colocar este em dificuldades”, alerta o Imea.

Fonte: Prentiss