Café

Mapa já repassou este ano R$ 1,162 bi a bancos que operam com o Funcafé

31/08/2015

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) já repassou, este ano, R$ 1,162 bilhão às instituições financeiras que operam com Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). O último aporte, na semana passada, foi de R$ 173,1 milhões para seis bancos. Antes, o Mapa havia transferido R$ 989,3 milhões para 12 bancos para crédito destinado à estocagem, à aquisição de café, a linhas de capital de giro de cooperativas de produção e de indústria de torrefação e moagem.

Os recursos foram destinados para o Crediminas, Agrocredi, Credivar, Banco de Tokyo, Banco ABC Brasil, Banco de Crédito e Varejo.

Fundo

O Fundo de Defesa da Economia Cafeeira foi criado, em 1986, para apoiar as políticas públicas voltadas à cafeicultura, uma das principais atividades da agricultura brasileira. O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de café, com uma safra estimada em 44,28 milhões de sacas de 60 quilos de grãos beneficiados no ciclo 2015.

O país também é o maior exportador mundial do produto, com embarques de 20,5 milhões de sacas de café verde e industrializado que renderam US$ 3,6 bilhões no período de janeiro a julho de 2015.

O setor tem 290 mil cafeicultores, em cerca 1.900 municípios de 15 estados brasileiros, e gera 8,4 milhões de empregos diretos e indiretos em toda a cadeia.

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento