Reprodutivo

Exame Andrológico do Garanhão

Exame Andrológico do Garanhão 

Os critérios de seleção e uso de um garanhão envolvem sua performance, conformação e pedigree, mas muitas vezes não se considera sua eficiência reprodutiva. Muitos fatores influenciam a libido, a habilidade de monta e até mesmo a coleta de sêmen. Estes fatores podem ser hereditários, relacionados ao meio ambiente ou adquiridos, e são altamente influenciados pelo manejo do garanhão.

O objetivo deste exame é a avaliação da capacidade reprodutiva do Garanhão. A importância está justamente em saber e garantir os aspectos referentes à qualidade dos espermatozóides do sêmen. Com o laudo em mãos é possível adotar as melhores condutas para a temporada de monta. Deve ser realizado em todos os garanhões, independentemente da idade, e aconselha-se a sua realização mesmo nos garanhões jovens em início de trabalho.

É, também, uma importante garantia para a compra e venda de garanhões pois o fato de um garanhão ter filhos não garante a sua fertilidade para temporadas futuras. 

Um exame andrológico completo deve conter informações detalhadas acerca da libido e da habilidade de monta (cópula), potências coeundi e generandi. Este laudo deve conter também todos os dados sobre a quantidade e a qualidade dos espermatozóides, que incluem aspecto do ejaculado, motilidade, morfologia/patologia e concentração espermática e o número total de espermatozóides no ejaculado. Para isto é imprescindível o exame ao microscópio. Também se avalia a resposta frente aos testes com diluentes e a longevidade espermática com o resfriamento de amostras do sêmen. 

O exame inicia com a avaliação da saúde geral do garanhão e o histórico clínico-reprodutivo, que incluem os índices reprodutivos de temporadas passadas e o uso de medicamentos (por exemplo o uso de anabolizantes que promovem acentuada degeneração testicular e infertilidade permanente) seguido do exame específico do aparelho reprodutor: pênis, testículos e glândulas anexas. A seguir se procede a coleta e posterior avaliação do sêmen. Estes dados devem ser interpretados e a partir daí formular e/ou definir um programa de coberturas seguro e eficiente. Em casos específicos de infertilidade ou sub-fertilidade o exame andrológico é uma importante ferramenta para diagnóstico e terapia do garanhão.

Outra característica de um exame andrológico é determinar a viabilidade do processamento do sêmen para inseminação artificial e o resfriamento, para preservação e transporte do sêmen. O laudo pode ter exemplos de diluições, baseado na concentração espermática, determinando um número de doses inseminantes possíveis com o ejaculado do garanhão.

Recomenda-se a realização do exame andrológico anualmente, sempre antes ou logo no início da temporada reprodutiva! Alterações muito importantes podem ocorrer à qualidade do sêmen de uma temporada para a outra, prejudicando uma estação reprodutiva.

Fonte:

http://www.personalhorse.com.br/PH%20saudeequina.htm#Transferência de Embrião no Eqüino