Defensivos

Manejo e sanidade na cultura da bananeira são abordados em curso na Bahia

27/08/2015

De 31 de agosto a 4 de setembro, acontece em Cruz das Almas, BA, o curso Manejo e Sanidade na Cultura da Bananeira, realizado pela Embrapa Mandioca e Fruticultura, Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Coordenado pelo pesquisador Marcelo Bezerra Lima, o treinamento teórico-prático foi organizado pelo Setor de Gestão de Transferência de Tecnologia com o objetivo de capacitar técnicos, extensionistas e produtores em técnicas recomendadas para a cultura da bananeira, incluindo o manejo de pragas. “A bananeira é uma cultura de grande importância social e econômica, que gera emprego e renda em praticamente todos os estados do Brasil. O treinamento visa difundir o conhecimento das principais tecnologias da cultura, possibilitando aumento na produção e na renda dos agricultores”, explica Marcelo Lima.

Programação
Na segunda-feira, depois da abertura que acontece às 8h, os participantes assistem a aulas sobre Aspectos socioeconômicos da bananicultura no mundo, no Brasil e na Bahia e sobre o mercado da banana, ambas ministradas pela pesquisadora Áurea Albuquerque. Pela tarde, o pesquisador Edson Amorim vai abordar o programa de melhoramento genético da bananeira e seus produtos enquanto Marcelo Lima dará informações sobre manejo fitotécnico e práticas culturais.

Na terça-feira (1º), os conteúdos serão sobre manejo do solo, nutrição e adubação (Ana Lúcia Borges) e sistemas de irrigação, fertirrigação e lâminas d’água (Eugênio Coelho). Na quarta, será a vez de aulas teóricas e práticas sobre Sigatokas amarela e negra (Zilton Cordeiro) e mal-do-Panamá (Fernando Haddad).

Já a manhã do dia 3 será dedicada às principais pragas da cultura (Marilene Fancelli) enquanto a tarde será variada: Principais nematoides e estratégias de manejo (Dimmy Barbosa), Mudas micropropagadas (Herminio Rocha) e Produção de material propagativo convencional (Domingos Ramos, Biofábrica Campo). Na manhã da sexta-feira (4), acontecem a palestra Práticas de pós-colheita (Márcio Canto Pereira) e o encerramento do curso.

Fonte: Embrapa Mandioca e Fruticultura
Autor: Léa Cunha