Pecuária

Manejo de bovinos e ovinos é abordado em Encontro da Pecuária Familiar de São Nicolau

28/10/2016

A ovinocultura recebeu destaque no painel coordenado à tarde pelo supervisor microrregional da Emater/RS-Ascar

Técnicos e pecuaristas de São Nicolau e municípios vizinhos tiveram a oportunidade de trocar experiências e interagir com especialistas da área de manejo de bovinos e ovinos, no Encontro da Pecuária Familiar, nesta quinta-feira (27/10), no CTG Primeira Querência do Rio Grande. Reconhecendo a importância da pecuária para a economia, geração de renda e qualidade de vida das famílias rurais do município e da região, Emater/RS-Ascar, Sindicato Rural, Prefeitura e Coopatrigo se uniram para promover o evento, que contou também com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Banco do Brasil.

Durante toda a programação, o público mostrou-se atento e interagiu com os painelistas, aproveitando para sanar dúvidas do dia-a-dia das propriedades. No painel da manhã, coordenado pelo assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, na área de manejo animal, Ivar Kreutz, aspectos produtivos e reprodutivos da pecuária de corte foram abordados. Na primeira palestra, a assistente técnica estadual da Emater/RS-Ascar, na área de pecuária familiar, engenheira agrônoma Ana Paula Brunetto, abordou o manejo na reprodução em bovinos.

Aspectos como principais pontos da Lei 13.515 de 13/09/2010, que destaca algumas características que o pecuarista deve atender para acessar a políticas públicas específicas do Governo do Estado, foram inicialmente abordadas, para na sequência serem apresentadas questões práticas em relação ao manejo do rebanho bovino. A relação do desempenho produtivo e reprodutivo com o requerimento de acordo com a categoria animal e o sistema de produção, o atendimento às exigências nutricionais e o manejo sanitário receberam destaque. “Não adianta investir em melhoramento genético, sem ofertar alimentação com qualidade e quantidade necessárias”, alertou Ana Paula, que também abordou aspectos em relação ao grau de acabamento, cruzamentos, características da carcaça que o frigorífico quer, sistema de terminação e desafios para a produção animal sustentável em pastejo, entre outros pontos.

A experiência de Santo Antônio das Missões no manejo do campo nativo e no melhoramento genético, com a organização dos produtores em uma Associação de Pecuária Familiar, foi apresentada em seguida pelo extensionista da Emater/RS-Ascar, Flávio Augusto Bonatto.

A ovinocultura recebeu destaque no painel coordenado à tarde pelo supervisor microrregional da Emater/RS-Ascar, Joney Braun. Ovinocultura, da produção à comercialização, foi o tema da explanação do engenheiro agrônomo, presidente da Cooperovinos de Santiago, Glauco Bittencourt.

Já o extensionista da Emater/RS-Ascar de Bossoroca, Hélvio Crescêncio, apresentou uma abordagem sobre o contexto da atividade de ovinocultura na região, o extensionista de Santo Antônio das Missões, André de Oliveira, falou sobre micronagem de lã.

Ao final do encontro, o chefe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar, Vítor Gomes Rocha, reiterou que a pecuária está entre as prioridades de planejamento das atividades da equipe municipal em 2017, através de reuniões técnicas, troca de experiências, apoio à organização e aproximação dos produtores, divulgação e acesso a políticas públicas, entre outras ações.

Entre as lideranças presentes estiveram o presidente do Sindicato Rural, Ildomar Wenske, o agrônomo da Coopatrigo em São Nicolau, João Adalberto Rambo Klein, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Nilton Preuss, e o secretário Municipal da Agricultura Pablo Gonzales.

Fonte: Emater – RS