Defensivos

Mais de 50 mil agricultores já foram treinados pelo Programa Aplique Bem

02/05/2017

O Programa Aplique Bem, iniciativa da Arysta LifeScience em parceria com o Instituto Agronômico (IAC), comemora 10 anos de inovações na agricultura brasileira, com o treinamento de mais de 55 mil produtores rurais sobre a correta aplicação de defensivos agrícolas nos diferentes cultivos. O Programa já ultrapassou as fronteiras e é realizado com êxito na Colômbia, México, Vietnã, Burkina Faso e Costa do Marfim.

O modelo adotado pelo Programa para os treinamentos dos agricultores é inédito no Brasil. o Aplique Bem tem três Tech Móveis (la­boratórios itinerantes) que percorrem o país.

“Ao invés de levarmos o agricultor para uma sala de aula, nós levamos a sala de aula até ele. Esse modelo não só aumenta a participação dos trabalhadores como também permite a prática para melhor fixação do aprendizado. Também não fazemos turmas maiores do que 20 pessoas para não comprometer a qualidade do conteúdo apresentado”, afirma Hamilton Ramos, pesquisador do IAC, idealizador e coordenador do Programa.

 “Trata-se de uma prestação de serviços sem custo para o agricultor. O Aplique Bem leva conhecimento ao campo, melhor uso da tecnologia e uso racional dos defensivos agrícolas, contribuindo para a produção de alimentos seguros e de qualidade, otimizando a produção e diminuindo gastos, além de proporcionar maior segurança para quem aplica e reduzir impactos ao meio ambiente”, afirma Liria Hosoe, Gerente de Registro da Arysta LifeScience.

BENEFÍCIOS E PIONEIRISMO: Os benefícios do Programa vão além da aplicação correta dos defensivos agrícolas. “O trabalhador bem treinado utiliza os equipamentos de proteção corretos e faz a aplicação adequada, com equipamento bem regulado. Toda a cadeia é beneficiada: o agricultor tem economia de produto, a saúde dos trabalhadores é preservada, o meio ambiente não é afetado e o consumidor recebe alimentos de qualidade em sua casa”, acrescenta Liria.

Outro pioneirismo do Aplique Bem é a adoção e validação da norma internacional ISO 16.122 para a avaliação da qualidade dos pulverizadores em uso no Brasil. O Programa foi o primeiro na adoção da ISO, publicada em 2015.

“Temos muito orgulho de realizar um Programa que treinou quase 55 mil pessoas no campo. Se passaram 10 anos desde o seu lançamento e o Aplique Bem continua cumprindo um papel muito importante e, além de tudo, mais atual do que nunca. Temos trabalhado para que essa iniciativa cresça e se multiplique com a parceria de nossos clientes, inclusive de forma global”, afirma Fábio Torreta, CEO da Arysta LifeScience na América Latina.

A contribuição do Aplique Bem para a agricultura no Brasil é reconhecida por diversas premiações, como vencedor do Prêmio Mérito Fitossanitário da Associação Nacional de Defesa Vegetal (ANDEF), finalista na categoria Best Stewardship Programme do Agrow Award, um dos principais prêmios do agronegócio mundial concedido pela revista britânica Agrow. O Programa também recebeu o prêmio Mario Covas como inovação em gestão pública e foi o vencedor do Prêmio Produz Brasil na categoria melhor integração fornecedor, além de receber o prêmio ANDEF na categoria Boas Práticas Agrícolas.

PRÓXIMOS PASSOS: O Programa Aplique Bem e o Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus) firmaram parceria para reforço na inspeção de pulverizadores nas fazendas de citros. O projeto pretende colher amostras em diferentes citriculturas, percorrendo as principais regiões de São Pau­lo e Triângulo Mineiro. Como será criado um histórico de locais atendidos, será possível fazer ava­liação prévia dos principais problemas e propor soluções. Trabalho semelhante foi desenvolvido para a validação do método para pulverizadores de barras na cultura da cana-de-açúcar.

Fonte: Agrolink