Tanques para refrigeração

Limpeza dos Tanques de Refrigeração

Autor(es):  Marlice Teixeira RibeiroArmando da Costa Carvalho

 

A limpeza e sanitização dos tanques são os fatores mais importantes para a preservação do leite com qualidade, devendo seguir algumas regras.

São elas:

·         Passar água morna entre 35 e 45ºC sem recircular.

  • Utilizar um detergente alcalino clorado na concentração de 130 ppm de cloro em água a 50ºC.
  • Usar vassoura específica para a limpeza do tanque, que possua cerdas arredondadas e não provoquem ranhuras nas paredes.
  • Após limpeza com o detergente alcalino, passar uma solução de detergente ácido em água acima de 35ºC e inferior a 60ºC.
  • Sanitizar diariamente com uma solução com 25 ppm de iodo ou 130 ppm de cloro antes de cada novo carregamento do tanque com leite; fazer uma boa drenagem da solução sanitizante para evitar resíduos no leite.

A correta limpeza do tanque é uma condição importante para definir a qualidade do leite proveniente de uma propriedade. As regras citadas fundamentam-se no uso de produtos químicos adequados, em concentrações recomendadas para a segurança do alimento. Isso se consegue quando se utilizam as vassouras apropriadas e as temperaturas recomendadas. Estas permitem eficiência e garantia da eliminação das gorduras e remoção dos resíduos. Quando se utiliza água fria, faz-se necessário aumentar os níveis de solução detergente, bem como o tempo destinado a cada etapa da limpeza. Nas temperaturas recomendadas, não necessitamos mais do que seis minutos para a circulação dos detergentes. Esse tempo não deve ser estendido, para evitar que a água se esfrie e os resíduos da solução possam precipitar. A lavagem de tanques em que não se utiliza água aquecida deve prolongar-se por 15 a 20 minutos, e assim mesmo os resultados não são totalmente confiáveis.

Fonte: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Agencia8/AG01/arvore/AG01_126_21720039243.html