Notícias

Líderes discutem desenvolvimento do cooperativismo

Reunião, em São Paulo, contou com a participação do Sistema OCB e discutiu também o comercio internacional e cooperativismo de saúde

São Paulo (5/3) – O presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, participou hoje, em São Paulo, de uma reunião com lideranças cooperativistas de países da América Latina. Os delegados estão no Brasil para a reunião do Conselho Regional da Aliança Cooperativista Internacional, realizada na capital paulista. O grupo é formado por representantes da Argentina, Colômbia, Paraguai, México, República Dominicana, El Salvador, Peru e Bolívia.

Três assuntos foram debatidos durante o encontro: o incentivo ao comércio internacional de produtos das cooperativas da região, o dinamismo das relações internacionais da Aliança Cooperativa Internacional e o fortalecimento do cooperativismo do Ramo Saúde no continente.

O presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, apresentou o Catálogo Brasileiro de Cooperativas Exportadoras, iniciativa da OCB para a promoção internacional dos produtos e serviços exportados pelas cooperativas do Brasil. O documento despertou o interesse dos representantes.

Márcio Freitas informou, ainda, às lideranças, sobre o projeto apoiado pela OCB, desenvolvido pela Aliança Cooperativa Internacional e que visa criar um catálogo internacional de cooperativas exportadoras. A iniciativa, ainda em fase de pesquisa, tem por objetivo desenvolver um amplo banco de dados sobre o comércio internacional das cooperativas em todo mundo.

ACI AMÉRICAS – Na ocasião, o diretor-geral da Aliança Cooperativa Internacional para as Américas, Manoel Mariño, discorreu sobre os projetos da organização com vistas à uma atuação mais próxima junto aos governos da região, de forma a garantir a aprovação de legislações que beneficiem o movimento cooperativista latino-americano.

Por sua vez, o presidente da Unimed do Brasil e representante brasileiro no Conselho Regional, Eudes de Freitas Aquino, ofereceu aos representantes internacionais cooperação técnica para o fortalecimento do cooperativismo de saúde nos outros países da América Latina, tendo em vista que a Unimed é a maior cooperativa de saúde do mundo.

Com 110 mil cooperados e um faturamento de R$ 45 bilhões em 2013, a cooperativa detém 12% do mercado no Brasil e é referência internacional em cooperativismo de saúde.

Os representantes cooperativistas terão a oportunidade de, ainda, visitar cooperativas brasileiras na região de São Paulo, como parte da agenda do encontro do Conselho Regional em São Paulo.

Fonte: OCB