Suinos

Kátia Abreu trata de exportações de suínos com governador de SC

31/07/2015

A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) recebeu o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, para tratar da abertura do mercado da Coreia do Sul à carne suína produzida naquele estado. O encontro ocorreu nesta quinta-feira (30.07).

O governador integrará a comitiva da ministra durante missão à Coreia do Sul, em setembro. Desde 2004, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) negocia com o país asiático a venda de carne suína. Em abril deste ano, o Mapa avançou no processo de abertura ao enviar os documentos finais exigidos pela autoridade sanitária coreana.

A ministra informou a Raimundo Colombo que todos os trâmites que estavam pendentes por parte do Brasil foram concluídos. O processo tem oito fases e atualmente se encontra na quinta.

Apesar de o Brasil ter começado as negociações em 2004, somente em 2008 a Coreia do Sul passou a reconhecer o princípio da regionalização para a febre aftosa. Com a medida, aquele país deu início às análises de risco da importação de carne suína produzida em Santa Catarina, único estado brasileiro com reconhecimento internacional de área livre da doença sem vacinação.

Antes de aceitar o princípio da regionalização, a Coreia exigia que todo o país exportador fosse livre de febre aftosa.

Santa Catarina é o maior exportador de carne suína do país, respondendo por 37% de toda a venda ao exterior do produto. Em 2014, o Brasil exportou US$ 1,5 bilhão, e Santa Catarina, R$ 590 milhões.

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento