Notícias

Jovens do Programa Jovemcoop debatem o tema “Gestão rural”

Florianópolis (27/2) – “Gestão rural” é o tema do sétimo módulo do Programa Juventude Cooperativista – Jovemcoop, ministrado neste mês, às turmas do oeste e do planalto norte catarinense. O Projeto Educacional teve início no segundo semestre de 2014 e é desenvolvido pelo Serviço de Aprendizagem do Cooperativismo de Santa Catarina (Sescoop), em parceria com o Instituto Caminhare, de Florianópolis.

No oeste, a formação conta com a participação de jovens filhos de associados da Cooper A1 (Iporã do Oeste), Auriverde (Cunha Porã) e Cooperitaipu (Pinhalzinho). No planalto norte, participam jovens de Canoinhas e Porto União, filhos de associados da Cooperalfa.

O Programa Jovemcoop tem como principal objetivo desenvolver nos participantes as habilidades de gestão, liderança e cooperativismo para despertar o interesse pelo negócio e auxiliar no processo sucessório, contribuindo para o crescimento do movimento cooperativista no País. O tema “Gestão rural”, que faz parte do sétimo módulo do programa, é ministrado pelo instrutor Ivan Brustolin e visa aprofundar a discussão do planejamento estratégico e da gestão por projetos em organizações cooperativistas.

Para o superintendente do Sescoop/SC, Geci Pungan, o Jovemcoop vai além de repassar a doutrina do cooperativismo aos jovens, filhos de cooperados. “Tem função dupla: se o jovem escolher seguir na cooperativa em que a família está inserida, ele terá as informações necessárias para assumir esse papel. Mas também receberá lições que o ajudarão a lidar com os desafios do futuro, independente do caminho que ele escolher”, revela.

Durante os 12 módulos, são trabalhados os seguintes temas: cooperativismo; sistemas de informações cooperativistas, redes sociais e criação de blog; desenvolvimento interpessoal e oratória; empreendedorismo e inovação; desenvolvimento de equipe e liderança; planejamento estratégico e gestão por projetos; gestão de pessoas e gestão de carreira; gerações e impacto na propriedade rural e análise de resultados e indicadores de desempenho em organizações cooperativistas; legislação e assembleia cooperativista.

Criado pelo Sescoop Nacional, o programa é desenvolvido em Santa Catarina com 196 horas de formação com a supervisão da coordenadora de promoção social do Sescoop/SC, Patrícia Gonçalves de Souza. O conteúdo dos módulos foi planejado pelas cooperativas envolvidas, com 16 horas cada, sendo duas aulas de 8 horas, realizadas quinzenalmente.

Fonte: Assimp Sistema Ocesc