Máquinas e Implementos Agrícolas

Inovações tecnológicas e pós-colheita de hortaliças são destaques em congresso internacional de gastronomia

01/08/2012

A capital federal sedia, de 1º a 4 de agosto, o II Congresso Internacional de Escolas de Gastronomia, realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Com o tema “Gastronomia, Saúde e Hospitalidade: o papel da gastronomia da sociedade”, o evento estimula a troca de saberes entre os profissionais da área e, ainda, levanta uma preocupação contemporânea: a alimentação na sociedade e a valorização das bases culturais.

Com enfoque também em segurança alimentar e nutrição humana, o Congresso conta com a palestra do pesquisador e chefe-geral da Embrapa Hortaliças (Brasília-DF), Celso Moretti, que irá esclarecer aos profissionais da Gastronomia como manusear as hortaliças para que se obtenham pratos frescos e saborosos. “Já que as refeições são experiências sensoriais, o intuito é demonstrar por meio de conceitos e informações como as hortaliças, com diversas cores, aromas e formatos, podem ser aproveitadas em toda sua potencialidade, inclusive nutricional”, acentua.

Além de frisar as condições ideais de temperatura e umidade na conservação de hortaliças, na sua exposição, o pesquisador também vai abordar as propriedades nutricionais desses alimentos, especialmente alho, abóbora e melancia que são comprovadamente eficientes na preservação da saúde. “Ao profissional que vai cozinhar as hortaliças, é essencial explicar como se deve manusear essa matérias-primas, que são órgãos vegetais vivos, para que sejam mantidos os compostos funcionais benéficos à saúde e sejam ofertados produtos de qualidade na mesa do cliente”, enfatiza.

Moretti ainda detalha que explanará sobre as inovações tecnológicas no processamento de hortaliças. De acordo com ele, dez quilos de cenoura, quando processados para produção de minicenouras, geram sete quilos de resíduos que podem ser aproveitados como polpa e farinha de cenoura. Além desses, farinha e sorvete de beterraba também são exemplos de produtos originados a partir do processamento.

Durante o evento, a Embrapa Hortaliças terá um estande para exposição e venda de publicações e degustação das minicenouras cenourete e catetinho. “Haverá também a distribuição gratuita de folders com informações de como comprar, conservar e consumir hortaliças”, acrescenta Flávia Clemente, engenheira agrônoma da área de Transferência de Tecnologia.

Entre as publicações e DVDs disponíveis para venda ao público constam os títulos: “500 perguntas e respostas: pós-colheita de hortaliças”, “Manipulação e comercialização de hortaliças”, “Processamento mínimo de hortaliças”, “Minicenouras: cenourete e catetinho”, “Resfriamento de frutas e hortaliças” e “50 hortaliças: como comprar, conservar e consumir”.

Paula Rodrigues – jornalista (MTB 61.403/SP)
Embrapa Hortaliças
Tel.: (61) 3385-9109
paula.rodrigues@cnph.embrapa.br