Pesca

Governo dialoga com segmento e discute futuro da piscicultura para Alagoas

20/10/2016

Comitê Território das Águas sentou para discutir estratégias de fortalecimento do setor

O Comitê do Território ‘Encontro das Águas’ discutiu as diretrizes para o fortalecimento e atuação do colegiado em Alagoas, que visa objetivamente o manejo das regiões lagunares de Alagoas. Onze municípios estão envolvidos nas discussões que definem o futuro do segmento, sobretudo, no que diz respeito a piscicultura.

Além de representantes da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), Incra, Conab, Banco do Nordeste, Ufal, Fetag, Batalhão Ambiental da PM, participaram também no comitê, representantes dos quilombolas, indígenas, pescadores, associações, cooperativas, entre outros.

O Território “Encontro das Águas” foi batizado dessa forma por compreender o território Litoral Sul, Mata Sul e Regiões Lagunares de Alagoas, e possui 11 municípios participantes: Maceió, Coqueiro Seco, Satuba, Santa Luzia do Norte, Rio Largo, Teotônio Vilela, Jequiá da Praia, São Miguel dos Campos, Barra de São Miguel e Marechal Deodoro.

Como informa Samyra Martins, assessora de Inclusão Produtiva, a reunião serviu para avaliar estratégias para fortalecer o colegiado, cujo propósito é pensar em dinâmicas para continuar desenvolvendo as atividades das plenárias territoriais.

Edson Maruta, assessor técnico da Seagri, ressalta que a instalação do Comitê do Território “Encontro das Águas” é de grande significado para os segmentos representados e que o Governo de Alagoas, por meio da Seagri, vai contribuir com projetos que serão desenvolvidos, a exemplo do que vai tratar do monitoramento das lagoas.

Regina Santiago, que representa a Associação de Empreendedores de Turismo do Litoral Sul, destacou a importância da reunião do fórum e afirmou que a participação do Governo de Alagoas, por intermédio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, será fundamental para o desenvolvimento dos projetos na área de piscicultura e também no repovoamento das lagoas.

A próxima reunião foi definida para os dias 17 e 18 de novembro próximo, em Maceió, já com o Núcleo diretivo formado por titulares e suplentes.

Fonte: Secretaria de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Agrário de Alagoas