Curiosidades

Gestão compartilhada entre pais e filhos tende a crescer no campo

20/05/2014

Agricultura é um negócio de pessoas, com conhecimento e habilidade de gestão. Esta é a visão de Cilotér Borges Iribarrem, engenheiro agrônomo, pós graduado em Economia, Administração Rural e Produção Vegetal e sócio proprietário e consultor da Empresa Safras & Cifras. Ele será o responsável pela palestra A Gestão do Negócio e das Pessoas no último dia do 29º Seminário Cooplantio, que ocorre de 2 a 4 de junho no Centro de Eventos do Hotel Serrano em Gramado (RS).

Para o especialista, o aumento na renda do agronegócio criou o maior interesse de jovens no campo, especialmente médios e grandes produtores, com mais informação e maior poder. E este é o momento para registrar, compartilhar e planejar a gestão da lavoura. Além do aumento da rentabilidade, a abertura para a participação dos filhos nas decisões da propriedade está retendo estes jovens nas propriedades. “A grande diferença é que as gerações que estão entrando na propriedade têm acesso fácil a informações, pertencem a redes de conhecimento e tem mais poder do que os filhos da geração passada. Os pais estão abrindo mais para a gestão compartilhada dos negócios”, revela.

No entanto, conforme Iribarrem, é preciso resolver algumas questões internas para evitar atritos entre pais e filhos. Uma delas é a sobreposição de funções dentro da propriedade. Outra é a indefinição sobre a distribuição da renda entre os filhos. “Com o crescimento da renda do agronegócio, os filhos que não estão dentro do negócio e que são profissionais liberais da cidade também começa a se sentir fora e cobrar participação”, ressalta.

O contraste está nos agricultores considerados pequenos, com maior dificuldade para motivar os filhos na sucessão das atividades rurais. Esse fato ocorre nas áreas de produção grãos, mas, principalmente, nas integrações de produção suínos, aves e leite.

O Seminário Cooplantio continua com inscrições abertas até o dia 25 de maio e podem ser feitas pelo sitewww.cooplantio.com.br/seminario.

Fonte: Agrolink