Soja

Fundação MS e Senar/MS realizam seminários para apresentar resultados de pesquisa sobre soja no MS

06/05/2014

A Fundação MS e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS – Sistema Famasul), iniciam no próximo dia 07, no Sindicato Rural de Amambai, um ciclo de palestras com resultados dos trabalhos de pesquisa desenvolvidos a partir da safra da soja 2013/2014. A iniciativa visitará ao longo deste mês 10 municípios de Mato Grosso do Sul apresentando as mais recentes pesquisas sobre o cultivo da oleaginosa no Estado.

Além dos resultados dos estudos, o ciclo levará aos sojicultores orientações sobre novas tecnologias e métodos para melhorar o uso do solo, controle de pragas e doenças e fertilidade da oleaginosa. Segundo o pesquisador da Fundação MS, Alex Melotto, os seminários foram montados a partir das pesquisas realizadas em cada município no último ano agrícola. “A principal função é levar informações atualizadas sobre os resultados de campo, avaliação de materiais de soja, ocorrência e controle das principais pragas e aspectos ligados à fertilidade do solo. Para o produtor que busca soluções eficazes para problemas na lavoura, participar da apresentação de resultados é fundamental”, afirma Melotto.

Melotto destaca ainda que as pesquisas realizadas durante o período são demandadas pelo próprio produtor, através do Conselho Técnico Científico, norteando assim o trabalho realizado pela Fundação MS. “O fato das apresentações terem resultados gerados no próprio município faz com que estes sejam mais efetivos para o produtor”, aponta.

O superintendente do Senar/MS, Rogério Beretta, pondera a relevância da iniciativa. “O Senar/MS apóia a ação pois além de apresentar resultados, ela faz as recomendações corretas para o controle de pragas e doenças da soja”, avalia. “A parceria aumenta a credibilidade e a capilaridade do evento, atingindo número maior de produtores”, avalia Melotto.

Pesquisadores da Fundação MS ministrarão as palestras, ‘Escarifação mecânica ou biológica?’, com Douglas Gitti; ‘Resultados da rede de avaliação de cultivares de soja safra 2013/2014 e recomendações para safra 2014/2015’, com Carlos Pitol, e ‘Ocorrência  e controle das principais pragas e doenças na soja’, com José Fernando Grigolli.

Depois de Amambai, Naviraí recebe o seminário no dia 8; Sidrolândia, dia 13; Campo Grande, dia 14; São Gabriel do Oeste dia 15; Maracaju dia 20; Dourados dia 22; Ponta Porã, dia 27; Rio Brilhante, dia 29 e Itaporã, no dia 30 de maio.

Fonte: Agrolink