Produtivo

Fitomassa da mamoneira irrigada com águas de diferentes salinidades

Objetivando-se estudar os efeitos de cinco níveis de condutividade elétrica da água de irrigação (CEa: 0,7; 2,7; 4,7; 6,7 e 8,7 dS m-1, a 25oC), para o estudo dos índices fisiológicos de três cultivares Paraguaçu-1 (C1), Paraguaçu-2 (C2) e CSRN-367 (C3) de mamona (Ricinus communis L .), conduziu-se um experimento, no delineamento inteiramente casualizado com três repetições, em esquema fatorial 5×3. As variáveis avaliadas foram fitomassa da parte aérea (FPA), fitomassa da raiz (FR) e fitomassa total (FT) aos 150 dias após semeadura (DAS). Na fitomassa da parte aérea, o nível 2,7 dS m-1 apresentou-se 27,06% inferior ao nível 0,7 dS m-1. Para a fitomassa da raiz a cultivar Paraguaçu-1, apresentou maior massa nos níveis salinos 0,7 dSm-1 e2,7 dS m-1. A cultivar CSRN-367, apresentou menor fitomassa total em todos os níveis salinos.

Fonte: biodieselbr.com