Feijão: Vendas acontecem depois de muito estresse

jan_nijman (CC0), Pixabay

Publicado em 05/10/2018

Diversos setores, tão distintos quanto bebidas ou carnes, também relatam movimento muito abaixo da média até agora neste mês. Cada um à sua maneira encontra justificativas para a situação. Para alguns produtores que conseguiram realizar alguma venda, ela foi fruto de muita negociação. Por exemplo, na região sul do Mato Grosso, R$ 80 foi suado para nota 8. Já o produtor de Unaí que vendeu ontem 5.000 sacas começou pedindo R$ 110 e tinha contraoferta de R$ 90. Por fim ajustaram a R$ 110 por saca.
feaFonte: IBRAFE