Sanitário

Febre Aftosa

Transmissão:
O principal veículo de transmissão é o próprio ar, através de aerossóis emitidos pelos animais doentes, podendo chegar até 50 km de alcance. A maior fonte de disseminação é o contato com animais infectados ou através de roupas, veículos automotores entre outros objetos que estiveram em contato com os animais contaminados.

Evolução da Doença:
Inicialmente o vírus é instalado nas células da mucosa e faringe onde se multiplica. A partir daí cai na circulação e se dissemina por todo organismo. Após 24 a 48 horas, o animal apresenta febre, vesículas na língua, na cavidade bucal, nos espaços interdigitais e às vezes nas tetas e úberes. Após 48 horas do surgimento destes sintomas, estas vesículas se rompem facilitando a instalação de bactérias, dificultando assim a cicatrização.

Sintomas:
O animal baba excessivamente devido as vesículas na cavidade bucal, língua e faringe. Apresenta febre alta, falta de apetite e pêlos arrepiados. O animal emagrece severamente e não consegue se locomover. As fêmeas em gestação podem abortarem o feto, os animais jovens podem morrer e as vacas em lactação tem sua produção leiteira bastante diminuída.

Conseqüências:
Os animais que sofreram de febre aftosa pode desenvolver lesões secundárias crônicas oral, nasal e podal (nos pés). A deformação dos cascos pode resultar num comprometimento permanente da capacidade locomoção do animal prejudicando seu bem estar. O envolvimento da glândula mamária pode resultar em mastite e permanentes danos na produção de leite. O ganho de peso de animais com seqüelas será abaixo quando comparados ao de animais sadios.

Tratamento:
Esta doença não existe cura, o que pode ser feito é tratar os efeitos causados pelo mal, como por exemplo fazer antisepsia das lesões e feridas tentando evitar seqüelas de maiores proporções.

Profilaxia:
A prevenção é feita através de vacinação seguindo o calendário estabelecido por órgãos oficiais. O descumprimento da lei que obriga a vacinação de todos os animais da propriedade acarreta em sanções como multas e interdição da propriedade.

Fundepec

Fonte: http://www.portalruralsoft.com/manejo/manejoExibe.asp?id=19