Laranja

Fábrica de sucos de laranja lima deve ampliar sua produção em 500%

18/03/2014

A Cooperativa dos Produtores de Laranjas do Vale do Mundaú (Cooplal) conseguiu junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) a aprovação de recurso no valor de R$ 175 mil, para aquisição de mais uma máquina extratora de suco. O equipamento será utilizado para ampliar a capacidade produtiva da fábrica, localizada no município de Santana do Mundaú, além de reduzir o desperdício de até 40% de laranjas.

De acordo com a gestora do Arranjo Produtivo Local (APL) Fruticultura no Vale do Mundaú, Valdelane Tenório, a máquina trabalhará com a laranja tipo C, que o mercado não absorve. “As laranjas do tipo A e B continuarão sendo comercializadas, as demais servirão para a agregação no valor do produto através da produção do suco”, explica.

Atualmente a fábrica conta com duas máquinas que produzem cerca de dois mil litros do suco por dia. Com a aquisição do novo equipamento, a produção será cinco vezes maior, chegando a dez mil litros por dia, o que representa um aumento de 500% na produção.

“Graças o apoio do Governo de Alagoas e do Sebrae foi possível conquistarmos mais essa vitória. Mais de 30 famílias são beneficiadas diretamente com a venda dos produtos da cooperativa, além de outras centenas indiretamente”, comenta o presidente da Cooplal, Antônio Carlos.

As ações do APL Fruticultura do Vale do Mundaú fazem parte do Programa de Arranjos Produtivos Locais (PAPL), coordenado pela Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande) e pelo Sebrae, em parceria com a Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Agrário (Seagri) e a Desenvolve – Agência de Fomento de Alagoas.

Fonte: Seplande