Pecuária

Exportações de carne de frango mantêm alta de 4,8% em 2015

01/10/2015

Levantamentos da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) mostram que as exportações brasileiras de carne de frango, considerando todos os produtos (frango inteiro, cortes, carnes salgadas, processadas e embutidos) registraram elevação de 4,8% no saldo acumulado entre janeiro e setembro de 2015 em relação ao mesmo período do ano passado.  Ao todo, foram embarcadas 3,186 milhões de toneladas neste ano.

O resultado foi positivo também na receita em reais, com total de R$ 17,3 bilhões – 26,6% a mais que o saldo alcançado entre janeiro e setembro do ano passado.  Já no desempenho em dólares, foi registrada queda de 9,1%, chegando a US$ 5,4 bilhões.

Considerando apenas o saldo realizado em setembro, houve retração de 0,3% nos volumes embarcados pelos exportadores de carne de frango em relação ao mesmo mês em 2014, totalizando 366,8 mil toneladas.

“A ligeira queda registrada em setembro teve influência direta da paralisação dos fiscais federais agropecuários, que começou a gerar impactos nos exportadores de carne de frango já a partir do primeiro dia da greve, perdurando por 10 dias úteis no mês.  Vínhamos em ritmo crescente desde junho e provavelmente registraríamos novas elevações em setembro, se os embarques não tivessem sido prejudicados”, destaca o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra.

No saldo em reais, houve crescimento de 35,8% em relação ao resultado obtido em setembro de 2014, chegando a R$ 2,3 bilhões.  Na receita em dólares, entretanto, houve decréscimo de 18,9%, com US$ 592 milhões.

“Apesar da diminuição dos embarques decorrentes da greve, a maioria dos mercados manteve os mesmos níveis de compras, o que sustenta as projeções da ABPA de um saldo positivo das exportações para 2015”, destaca Ricardo Santin, vice-presidente de aves da associação.

Fonte: Agrolink