Milho

Excesso de chuva compromete lavouras de milho safrinha

Em Jataí, Goiás, muitas plantações estão debaixo d´água

Fonte: pe360graus.com

Em Goiás, o excesso de chuva está comprometendo as lavouras de milho safrinha. Em Jataí, muitas plantações estão debaixo d´água.

De acordo com o IBGE, a área de milho safrinha em Jataí este ano é de 140 mil hectares, quase 30% maior que a cultivada em 2010. A previsão era colher cerca de 840 mil toneladas do grão, mas o excesso de água deve comprometer a produtividade.

O agricultor Paulo Cruz acompanha surpreso a quantidade de chuva que caiu na fazenda nos últimos meses.

Em uma área onde a lavoura de milho ainda está no início do ciclo, tudo se transformou em lagoa. As plantas estão literalmente dentro d´agua.

Com o terreno saturado a planta não se desenvolve. As folhas ficam amareladas e logo secam. Mesmo nas regiões mais altas, a lavoura sente os efeitos do solo encharcado.

Os agricultores observaram que esse ano as chuvas estão concentradas em algumas regiões do município. Em uma fazenda, a área de milho alagada chega a 150 hectares. Para o produtor, um investimento de quase R$ 200 mil destruído pela chuva.

Antônio Gazarini investiu em mais tecnologia e aumentou um pouco a área de milho safrinha este ano, apostando em boa produtividade. São quase seis mil hectares de lavoura, mas o agricultor já contabiliza 15 mil sacas a menos por conta do excesso de chuva. “O solo não consegue absorver tanta água e começa a formar os alagamentos. São pontos isolados, a lavoura de milho está morrendo e não vai produzir. Infelizmente a gente já tinha feito todos os tratos culturais”, disse o agricultor.

Fonte: http://www.agrocim.com.br/noticia/Excesso-de-chuva-compromete-lavouras-de-milho-safrinha.html