Produtos de Cooperativas

Eventos tecnológicos em Maringá e Londrina mobilizam 10 mil produtores

20/01/2017

Assim como na Safratec, de Maringá, a Superagro em Londrina acontece numa área de 20 hectares

O secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, participou quinta-feira (19) das operações de início da colheita de soja durante a 25ª edição do Safratec, Encontro de Soluções para o Agronegócio, que a Cocamar promove em sua Unidade de Difusão de Tecnologias (UDT) em Floresta, a 20 quilômetros de Maringá.

Em seguida, Ortigara participou do Superagro, evento tecnológico promovido pelo grupo Agro 100, em Londrina, que também apresentou soluções em tecnologia e inovação para os produtores. Os dois eventos mobilizaram em torno de 10 mil produtores que estão indo em busca de conhecimento e de atualização com os mais modernos equipamentos de colheita e plantio que já estão sendo usados no campo.

Para Ortigara, os eventos tecnológicos estão sendo cada vez maiores e atraindo mais produtores, o que é uma demonstração que uma parte do Brasil vai bem, apesar de enfrentar a maior recessão dos últimos anos.

Segundo ele, o campo está se especializando, os produtores estão aprendendo o uso de novas ferramentas para que sejam verdadeiros profissionais do agronegócio.

A Safratec, promovida pela Cocamar em Maringá, apresenta nove estações tecnológicas, numa área de 20 alqueires, com resultados dos trabalhos realizados em parceria com mais de 50 empresas e instituições. Entre elas, a Universidade Estadual de Maringá, com a Embrapa e Iapar. E também uma demonstração das técnicas de Integração de Lavoura, Pecuária e Floresta, de comércio justo e cafeicultura, atividade que originou a cooperativa.

A Cocamar, cooperativa com cerca de 13 mil associados, atua com a produção de soja, milho, trigo, café e laranja no Norte e Noroeste do Paraná, Oeste Paulista e Sudoeste do Mato Grosso do Sul.

Ortigara foi recepcionado pelo diretor presidente da Cocamar, Divanir Higino, e estava acompanhado do diretor geral da Secretaria de Agricultura e Abastecimento Otamir Cesar Martins e do presidente da Emater, Rubens Niederheitmann.

O secretário está otimista em relação ao desempenho da safra de grãos no Paraná e no Brasil. Segundo ele, é bem possível que das 215 milhões de toneladas de grãos que serão colhidas no País ao longo deste ano, 40 milhões de toneladas de grãos poderão sair do Estado, como resultado das três safras de grãos cultivadas aqui.

Em relação à soja, o secretário destacou que a meta é manter o aumento da produtividade média no Estado para 100 sacas por hectare, com um bom manejo e conservação de solos e água e com plantio direto de qualidade.

SUPERAGRO

Assim como na Safratec, de Maringá, a Superagro em Londrina acontece numa área de 20 hectares na Fazenda Cegonha, com a exposição de seus produtos e serviços disponibilizados aos produtores como recebimento de grãos, armazenagem e comercialização. A empresa Grupo Agro 100, que promove a Superagro, está presente no Norte do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Cerca de 60 empresas estão participando do evento que tem como tema: “Um Passo rumo ao Futuro”, onde a utilização de drones para aplicação de insumos nas lavouras já é uma realidade. O foco do evento é a inovação tecnológica trazendo aos produtores insumos, maquinários e veículos para a condução das lavouras e tecnologia de informação para a administração dos negócios.

Na Superagro, Ortigara visitou o estande da Emater, que está presente em todos os eventos tecnológicos, com a apresentação de técnicas de manejo e conservação de solos e água, da campanha Plante Seu Futuro, que visa reduzir a aplicação de agroquímicos nas lavouras, para que tenham menos resíduos e mais qualidade.

A Emater está trabalhando em todo o Estado para auxiliar os produtores a adotarem as técnicas de plantio e cuidados na propriedade da forma correta, sem agredir ao meio ambiente e que preserva o bem mais precioso do produtor rural, que é o solo, disse o secretário Norberto Ortigara.

Em Londrina, Ortigara estava acompanhado do deputado estadual Tiago Amaral e o predidente do Iapar, Florindo Dalberto.

Fonte: Secretária da Agricultura e do Abastecimento do Paraná – SEAB