Pecuária

Evento discute mercado, custos e manejos da ovinocultura de Mato Grosso

08/10/13

 

Os rumos da produção de ovinos no Brasil começam a ser discutidos hoje (08.10), em Cuiabá (MT), durante a terceira edição do Simpósio Farmpoint sobre Produção Ovina. O evento, que pela primeira vez chega ao Centro-Oeste, reunirá diferentes especialistas, pesquisadores e criadores para discutir mercado, custos e manejos. No Estado anfitrião do evento, a produção de ovelha e carneiro não é suficiente para atender a demanda interna.

Os produtores da unidade federada apostam na oferta de matéria-prima utilizadas na fabricação de rações para estimular a ovinocultura. Produtores mato-grossenses pretendem, até 2015, elevar em até 400% a produção, ampliando para 5 milhões a produção de ovinos. O plantel atual está estimado em cerca de 1 milhão de exemplares, segundo estima a Associação Mato-grossense dos Criadores de Ovinos (Ovinomat).

De acordo com o diretor da entidade, Antônio Carlos Carvalho, os preços estão bons, com valorização de até 40%. Conforme ele, a produção está cada vez mais tecnificada. No entanto, ressalta que a falta de mão de obra qualificada é um dos problemas enfrentados no setor. Além disso, pontua que os produtores necessitam de mais unidades frigoríficas para comercializar os animais.

Confira a programação do evento.

Terça-feira – 8 de outubro

08h00 • 08h30 Entrega de Material

08h30 • 09h00 Abertura

09h00 • 09h50 “Carne ovina: mercado no Brasil e na América do Sul – o que o criador deve saber para aproveitar as melhores oportunidades”, André Sório – Engenheiro agrônomo, mestre em agronegócios, consultor em sistemas pecuários intensivos baseado em pastagens, consultor em estudos de competitividade agroindustrial e autor de diversos artigos científicos e livros

09h50 • 10h15 Perguntas

10h15 • 10h35 Espaço empresarial

10h35 • 10h55 Coffee break

10h55 • 11h45 “Como a criação de ovinos deve ser manejada buscando a máxima eficiência e produtividade?”, Fernando Miranda de Vargas Júnior – Zootecnista formado pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), mestre pela mesma instituição e doutor pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Atualmente é professor da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e coordenador da Câmara Setorial de Ovinocaprinocultura do Estado de Mato Grosso do Sul

11h45 • 12h00 Perguntas

12h00 • 13h30 Almoço

13h30 • 14h20 “Características técnicas e econômicas de sistemas de criação de ovinos”, Camila Raineri – Zootecnista, produtora de ovinos, mestre e doutora pela Universidade de São Paulo (USP)

14h20 • 14h35 Perguntas

14h35 • 15h05 Espaço Empresarial

15h05 • 15h55 “Exigências da indústria e qualidade da carcaça ovina. Como alcançar a excelência e o mercado?”, Cristiane Rabaioli – Zootecnista e diretora da Estância Celeiro – Carnes Especiais, estabelecimento que possui o SISE 091 (Serviço de Inspeção Estadual) e trabalha com cortes de cordeiro

15h55 • 16h10 Perguntas

16h10 • 16h30 Coffee Break

16h30 • 17h20 “Ovinocultura no Centro-Oeste: desafios atuais e oportunidades”, Paulo de Tarso dos Santos Martins – Zootecnista há 27 anos promovendo a produção animal em Mato Grosso. Nos últimos 6 anos atuou na organização da cadeia produtiva da ovinocultura do estado. Atualmente é responsável pela Planner em Cuiabá, empresa de consultoria para invetimentos e empreendimentos nos principais segmentos do agronegócio

17h20 • 17h35 Perguntas

17h35 • 17h50 Encerramento

09 DE OUTUBRO

08h30 • 12h00 Mesa redonda com produtores de ovinos e indústria para troca de informações e incentivo para o surgimento de novas ideias visando o desenvolvimento da ovinocultura nacional

 

Fonte: Agrodebate