biblioteca

EUA vão financiar primeira fábrica de etanol de celulose

Unidade ficará em Emmetsburg e deve produzir 25 milhões de galões de combustível por ano

AGÊNCIA ESTADO

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta quinta, dia 7, que vai ajudar a financiar a primeira fábrica de etanol de celulose com escala comercial. O secretário de energia do país, Steven Chu, afirmou que a agência do governo está oferecendo uma garantia de empréstimo de US$ 15 milhões para apoiar a construção da nova fábrica da Poet LLC, maior companhia de etanol dos Estados Unidos. A unidade ficará em Emmetsburg (Iowa) e deve produzir 25 milhões de galões de combustível por ano (94,62 milhões de litros). A expectativa é de que a Poet comece a construir a fábrica em agosto e conclua o projeto em maio de 2013, segundo Chu. O custo total da construção será de US$ 261,2 milhões.

Atualmente, a maioria do etanol produzido nos Estados Unidos é de milho. Críticos dizem que, por esse motivo, o combustível aumenta os preços dos alimentos, pois consome boa parte da produção do cereal. Espera-se que produtores de etanol utilizem um recorde de 5,05 bilhões de bushels de milho no ano que vem (127 milhões de toneladas), de acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

A nova fábrica utilizará resíduos das lavouras de milho – cascas, folhas e sabugos -, em vez do grão em si, de acordo com o USDA e o Departamento de Energia. Os resíduos são mais baratos do que o milho e os preços são muito mais estáveis, segundo o porta-voz da Poet, Nathan Schock, embora o processo de transformá-los em combustível seja mais complexo e caro.

A Poet também receberá subsídios do governo pelo etanol celulósico que produzir. Há um incentivo do governo de US$ 1,01 por galão produzido. Companhias de gasolina recebem atualmente US$ 0,45 por galão de etanol misturado à gasolina – o restante neste caso iria para a Poet. A companhia opera 27 usinas de etanol de milho nos Estados Unidos, uma das quais em Emmetsburg, com capacidade de produção total de 1,7 bilhão de galões por ano.

– Este projeto vai ajudar a reduzir nossa dependência do petróleo, criar empregos e ajudar nossa transição para a energia limpa e renovável produzida em casa – declarou Chu, sobre a fábrica de etanol de celulose da Poet. As informações são da Dow Jones.

Fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?tit=eua_vao_financiar_primeira_fabrica_de_etanol_de_celulose&id=58394