Cana de Açúcar

Etanol hidratado recua 7,3% na usina em SP com avanço da safra, diz Cepea

06/05/2014

O preço do etanol hidratado na usina recuou 7,3 por cento na semana passada, na comparação com o período anterior, para 1,2568 real por litro, com o avanço da moagem da nova safra, avaliou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) na segunda-feira (05.05).

A moagem de cana do centro-sul do Brasil saltou 71,45 por cento no acumulado da safra 2014/15 até 16 de abril, na comparação com o mesmo período do ano passado, com ajuda do clima mais seco neste começo da temporada, segundo apuração mais recente da União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica).

Um baixo interesse de compra por parte de distribuidoras também reforçou a pressão sobre as cotações apuradas nas usinas do Estado de São Paulo.

Foi a segunda queda semana seguida do etanol hidratado, utilizado nos veículos flex.

Apesar de a indústria prever uma redução na moagem de cana na nova safra (2014/15), a expectativa é de um ligeiro aumento da produção de etanol no centro-sul brasileiro, com usinas destinando um maior volume da matéria-prima para o biocombustível.

O Cepea disse que a paridade entre o etanol hidratado e a gasolina segue desfavorável ao combustível renovável em todos os Estados, embora em São Paulo (maior produtor brasileiro) esteja praticamente indiferente o uso de um ou de outro, segundo informações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com base nas cotações na bomba.

O etanol anidro, misturado à gasolina também recuou, após duas semanas consecutivas de alta, segundo levantamento do Cepea.

Fonte: Reuters