Pecuária

Embrapa promove Dia de Campo sobre conservação de ovelhas crioulas

08/04/2016

Será realizado nesta sexta-feira, na Embrapa Pecuária Sul, em Bagé (RS) o Dia de Campo Recursos Genéticos Conservados pela Embrapa: A Ovelha Crioula. O evento, que começa às 9 horas, tem como objetivos a divulgação dos trabalhos científicos e de conservação da raça, assim como apresentar a importância e aspectos do registro genealógico de animais. A promoção do Dia de Campo é da Embrapa e da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos Crioulos (ABCOC).

Reconhecida pela Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento como raça desde o começo do século, os ovinos crioulos são resultados de cruzamentos dos primeiros rebanhos trazidos para o Rio Grande do Sul por colonizadores espanhóis e portugueses. Até a década de 1920 constituía o maior rebanho comercial do estado, sendo substituída a partir deste período por raças com maior aptidão para a produção de lã. Essa mudança, quase levou à extinção da raça, até o resgate de exemplares pela Embrapa na década de 1980, sendo que a unidade de Bagé (RS) é hoje responsável pelo Núcleo de Conservação de Ovinos Crioulos. “Além da manutenção do rebanho, temos conservado também material genético, sêmen e embriões da raça”, ressalta o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul José Carlos Ferrugem.

 Na programação do Dia de Campo está prevista a apresentação de Eduardo Gressler, da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), sobre o registro genealógico da ovelha crioula. Já o pesquisador José Carlos Ferrugem vai apresentar a palestra “Uma Reavaliação dos Ovinos Crioulos sob a ótica da Conservação”. Depois das apresentações os participantes do evento vão fazer uma visita às instalações da Embrapa e conhecer o rebanho mantido pela instituição.

Fonte: Agrolink