Pecuária

Embrapa na Expoagro: agropecuária aliada a tecnologias sustentáveis para a conservação da água

14/05/15

Água: líquido precioso cada vez mais em discussão na sociedade. E a Embrapa Agropecuária Oeste, sabendo a importância de se levar soluções, alternativas tecnológicas para o campo, além de receber ideias e sugestões, leva a discussão sobre o uso da água na agropecuária para a 51ª Expoagro.

O Painel “Agropecuária: consumindo ou conservando água?” será em 19 de maio, terça-feira, na parte da manhã, a partir das 7h30, no auditório do Sindicato Rural de Dourados. Estão convidados produtores rurais, pesquisadores, profissionais da Assistência Técnica (ATER), professores e acadêmicos, veículos de comunicação, assim como a sociedade em geral. A finalidade é estimular o debate para exposição de diferentes pontos de vista e dúvidas, como forma de incentivo para reflexão, críticas e sugestões.

O público vai assistir a três palestras de 20 minutos cada e, em seguida, participar do debate. O objetivo é mostrar que a aplicação, no campo, das tecnologias desenvolvidas por instituições de pesquisa, como a Embrapa, pode evitar o desperdício de água no setor agropecuário e ainda conservar a água no solo, inclusive com o armazenamento da água da chuva.

A realização do Painel é da Embrapa Agropecuária Oeste e do Sindicato Rural de Dourados. As inscrições, a partir das 7h30, são gratuitas.

Palestras

Os pesquisadores da Embrapa Agropecuária Oeste ministrarão os seguintes temas durante o Painel:

8h30 – “O Clima e a oferta de água na região sul de Mato Grosso do Sul”
Carlos Ricardo Fietz

8h50 – “Sistemas agropecuários, uso e produção de água”
Júlio Cesar Salton

9h10 – “Uso de água no meio rural: Parar? Continuar? Aumentar?”.
Danilton Luiz Flumignan

Debate

9h30 – Início do debate com a participação do público e dos debatedores:

Paulino Barroso Medina Júnior, professor da UFGD e membro do Comitê Gestor do Programa Biota-MS e do Conselho Curador da Fundação Neotrópica do Brasil;
Dirson Freitag, engenheiro agrônomo e presidente do CREA-MS;
Rubens de Souza André, gestor de bacias hidrográficas da ITAIPU BINACIONAL;
Guilherme Lafourcade Asmus, chefe geral da Embrapa Agropecuária Oeste.

O moderador do debate será o pesquisador, Milton Parron Padovan, supervisor do Setor de Prospecção e Avaliação de Tecnologias da Embrapa Agropecuária Oeste.

Embrapa em mais eventos

Seminário Sucroenergético – Na tarde de 19 de maio, a partir das 13h30, a Embrapa Agropecuária Oeste participa do 4º Seminário Sucroenergético, realizado pela Biosul, Embrapa Agropecuária Oeste, Uems, UFGD e Sindicato Rural. O pesquisador da Embrapa, José Rubens de Almeida Leme Filho, vai ministrar a palestra sobre as ações da Embrapa em pesquisa e transferência de tecnologia para o setor sucroenergético em Mato Grosso do Sul.

Simpósio de Ovinocultura – Neste ano, o 8º Simpósio de Ovinocultura está sendo realizado pela Embrapa Agropecuária Oeste, UFGD e Sindicato Rural de Dourados. O tema é “Cadeia produtiva da ovinocultura – da produção à comercialização com foco na qualidade” e serão ministradas palestras sobre marketing para venda de carne de cordeiro, verminose no rebanho e bem-estar animal.

A moderadora do debate será a pesquisadora Marciana Retore, da Embrapa Agropecuária Oeste, que atua na área de Manejo Animal, com ênfase em ovinocultura.