Pecuária

Embrapa aprova eficácia do Biofórmula Leite

Suplemento alimentar ajuda produtores a seguirem as exigências da IN 51/2002 do Ministério da Agricultura. Produto controla contagem de células somáticas e melhora qualidade do leite

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) validou a eficácia do suplemento alimentar Biofórmula Leite. A pesquisa analisou a ação do produto em 40 vacas. Depois de 62 dias de uso do Biofórmula, os animais apresentaram aumento na absorção de nutrientes, estímulo no desenvolvimento de bezerros, prevenção de infecções intestinais e aumento da fertilidade do rebanho.

O suplemento à base de microorganismos vivos afeta de forma benéfica o hospedeiro e promove o balanço da microflora intestinal. Na pesquisa, foi analisado o controle da Contagem de Células Somáticas (CCS). Esse indicador aponta o grau de infecção da glândula mamária do animal. O uso do produto conseguiu manter os índices de CCS abaixo do nível exigido pela Instrução Normativa nº 51/2002 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A validação do produto foi feita por meio de resultados em mais de três experimentos. Em todos eles, a suplementação melhorou a qualidade do leite e levou a uma redução média de 53% na contagem de células somáticas. O produto é vendido aos pecuaristas por uma empresa privada.

Saiba mais

Instrução Normativa 51/2002 – Estabelece os padrões físico-químicos mínimos exigidos para a produção, identidade e qualidade do leite.

Contagem das Células Somáticas (CCS) – É o índice que determina a qualidade do leite por meio da análise da saúde da glândula mamária do animal. A contagem de células somáticas tem relação direta e indicativa da prevalência de mastite na composição do leite, riscos de contaminação por antibióticos e probabilidade da presença de bactérias patogênicas. Rebanhos com uma menor qualidade de células somáticas apresentam maior produtividade.

 

Fonte: http://www.agrolink.com.br/saudeanimal/noticia/embrapa-aprova-eficacia-do-bioformula-leite_133803.html