Pecuária

Embarques das cooperativas concentram-se nos cortes de frango

Publicado em 20/10/2015

Os dados da SECEX/MDIC apontam que, na exportação de carne de frango, as cooperativas fecharam os nove primeiros meses de 2015 com aumentos de 31,44% no volume embarcado e de 11,40% na receita cambial.

Naturalmente, o crescimento proporcionalmente menor da receita em relação ao incremento no volume se deve à redução do preço médio que, no caso das cooperativas, foi muito similar ao observado nas exportações globais brasileiras.

É interessante notar, entretanto, que o mix de produtos exportados pelas cooperativas continua sendo bem diferente daquele registrado nas exportações globais. Assim, embora o volume de produto in natura seja muito similar (90,24% do total nas cooperativas; 91,39% do total nas exportações globais), as exportações de cortes das cooperativas representaram 88% do total, contra menos de 55% do total nas exportações globais.

Leia a notícia na íntegra no Avisite

Fonte: Avisite