biblioteca

Em meio a ajuste, Câmara aprova liberação de R$ 50 bilhões para o BNDES

Publicado em 13/05/2015

Em meio ao ajuste fiscal do governo, a Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira uma medida provisória que libera 50 bilhões de reais para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O texto principal teve 299 votos favoráveis, 120 contrários e uma abstenção. Agora, a MP segue para o Senado Federal.

A oposição votou contra a medida provisória. “O PT tira direito dos trabalhadores, como seguro-desemprego e abono salarial, para entregar para as grandes empresas 50 bilhões de reais com juros subsidiados”, criticou o líder do PPS, o deputado Rubens Bueno (PR). Outros oposicionistas citaram os repasses do BNDES a regimes estrangeiros, como Cuba, para criticar a proposta.

O governo alega que a liberação é importante para assegurar o financiamento de pequenas, médias e grandes empresas e, assim, gerar empregos num momento de crise. “A oposição quer ludibriar o povo brasileiro. Quer apontar simplesmente questões como ‘Ah, tem corrupção aqui, tem corrupção ali’. Vamos debater a economia, vamos debater as questões centrais”, rebateu Carlos Zarattini (PT-SP), vice-líder do governo.

Leia a notícia na íntegra no site da Veja.

Fonte: Veja.com