biblioteca

Em encontro com Temer, Frente da Agropecuária pede nomeação de ministro ligado às entidades “e que tenha conhecimento do assunto

Publicado em 27/04/2016

Documento de 7 páginas lista os entraves da agropecuária

Foi positivo o encontro de representantes da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e entidades do setor produtivo rural com o vice-presidente Michel Temer na tarde desta quarta-feira (27) no anexo II do Palácio do Planalto.

O presidente da FPA, deputado Marcos Montes (PSD-MG), entregou um documento de sete páginas com os principais entraves que emperram o desenvolvimento da agropecuária nacional. As propostas abrangem desde governança institucional, política agrícola, acordos comerciais, direito de propriedade e segurança jurídica, meio ambiente, infraestrutura e logística, defesa agropecuária, relações trabalhistas, entre outros.

Michel Temer se mostrou receptivo e ressaltou a importância do agronegócio para a retomada do crescimento da economia brasileira. A bancada ruralista sugeriu ainda que o Ministério da Agricultura seja fortalecido e passe a gerenciar todo o processo de reorganização do segmento.

Clique aqui para fazer o download do documento entregue pela FPA ao vice-presidente ou visualize abaixo.

9d7d9f18-7ecc-469d-a825-d74d771ae60d (1)

FPA tem encontro produtivo com Temer

 

PAUTA POSITIVA – BIÊNIO 2016/2017

O País passa por um momento de transformações. A crise política e a crise

econômica demonstram a necessidade do constante aperfeiçoamento das relações do

Estado com a Sociedade. Sendo assim, e com o intuito de apresentar as contribuições do

setor agropecuário, motivando o debate dos principais entraves ao pleno

desenvolvimento da agropecuária nacional, o Instituto Pensar Agropecuária (IPA) e a

Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) apresentam as suas prioridades para o

próximo biênio.

Como demonstração do rompimento com a atual política, eivada de ideologias

contrárias ao setor, e da busca pela retomada do desenvolvimento econômico, que

continuará sendo capitaneada pelo setor agropecuário, as medidas imediatas passam

pela garantia da ordem pública e da segurança jurídica. E, de imediato, pela melhoria do

ambiente de negócios, visando principalmente à retomada do sistema de crédito ao

setor, proporcionando o amplo acesso a recursos financeiros no Brasil (públicos e

privados) e no Exterior.

Assim, destacadas as medidas iniciais que nortearão a retomada do crescimento

do segmento produtivo rural, e por consequência a retomada do desenvolvimento do

país, é primordial o fortalecimento do Ministério da Agricultura, que passará a gerenciar

todo o processo de reorganização do setor. No comando dessa pasta, é imprescindível a

presença de um líder diferenciado, que tenha conhecimento profundo do setor e que

tenha, principalmente, estreito relacionamento com as entidades representativas e com

as lideranças políticas. Essa é condição indispensável para que tenha o necessário apoio

a fim de implantar todas as mudanças que o setor mais exitoso da nossa economia

Como complemento, seguem em anexo, divididos em sete grandes eixos, os

temas que compõem a pauta positiva do setor agro para o desenvolvimento do país.

Presidente do Instituto Pensar

Ricardo Tomczyk

Agropecuária

Deputado Marcos Montes

Presidente da Frente Parlamentar da

Agropecuária

Instituto Pensar Agropecuária:

ABAG – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AGRIBUSINESS

ABBA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA BATATA

ABCS – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE SUÍNOS

ABCZ – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE ZEBU

Fonte: FPA