Mudas e Sementes

Efeito do envelhecimento acelerado na avaliação da qualidade fisiológica de sementes de trigo

18/08/11 – 14:24
A pesquisa foi conduzida no Laboratório de Tecnologia e Análise de Sementes, no Centro de Ciências Agrárias, da Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre-ES, com o objetivo de estudar a temperatura e o período de exposição adequados para a avaliação de sementes de trigo da cultivar Aliança pelo teste de envelhecimento acelerado. As sementes foram expostas às temperaturas de 41°, 43° e 45°C e umidade relativa do ar de 100%, por períodos de zero, 24, 48, 72 e 96 horas. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições de 25 sementes. A qualidade fisiológica das sementes foi avaliada pelos testes de: germinação e vigor (comprimento da raiz primária e massa seca). Temperaturas de 41°C e tempos de exposição de 24 e 48 horas são os mais indicados para o teste de envelhecimento acelerado em trigo; sob temperatura de 43°C, recomenda-se utilizar 24 horas de exposição das sementes; a temperatura de 45°C é letal.

Veja o artigo na integra clicando aqui.

Aline Rodrigues Maia, José Carlos Lopes, Carlos de Oliveira Teixeira