Trigo

Diferentes épocas de colheita, secagem e armazenamento na qualidade de grãos de trigo comum e duro

28/03/11 – 15:12
O objetivo do trabalho foi verificar a influência da época de colheita, secagem e período de armazenamento na qualidade de grãos de trigo comum e duro. Os experimentos foram instalados no campo do Núcleo Experimental de Campinas, IAC, usando DOIS genótipos de trigo comum (Triticum aestivum L), um com dormência na espiga (IAC 24), colhido com 30,0%; 21,4% e 12,2% de água e um sem dormência na espiga (IAC 289), colhido com 35,0%; 23,4% e 12,5% de água; além de um genótipo de trigo duro (Triticum durum L.) sem dormência (IAC 1003), colhido com 31,6%; 22,2% e 11,7% de água. A secagem foi realizada a 40, 60 e 80 ºC e um fluxo de ar de 20 m3 min-1.m-2. Após a secagem, os grãos foram armazenados em embalagens de polietileno por um período de 0, 2, 4, 6 e 8 meses a 20 ± 2 oC. Os parâmetros de qualidade de grãos analisados no Laboratório de cereais, raízes e tubérculos na FEA/ UNICAMP foram os testes de número de queda, viscosidade, força geral do glúten e peso hectolitro. Observou-se no genótipo IAC 289 um aumento significativo da atividade da enzima alfa-amilase, com o atraso da colheita. Com antecipação da colheita e da secagem não foi reduzida a qualidade dos grãos e, com a armazenagem, houve melhora na qualidade tecnológica da farinha do trigo.

Veja o artigo na integra clicando aqui.

Autores: Luciana Maria Terra Alves Carneiro; João Domingos Biagi; José Guilherme de Freitas; Marcelo Cristiano Carneiro; João Carlos Felício

Revista Bragantia
Fonte: http://www.agrolink.com.br/sementes/noticia/diferentes-epocas-de-colheita–secagem-e-armazenamento-na-qualidade-de-graos-de-trigo-comum-e-duro_127699.html