Curiosidades

DF: Manifestantes põe fogo em prédio do Ministério da Agricultura

24/05/2017

Nesta quarta-feira (24.05) manifestante se reuniram em uma passeata até a Esplanda dos Ministérios em Brasília em um ato contra o atual presidente da república, Michel Temer. O ato tem o objetivo de protestar contras as reformas trabalhistas e também para pedir a renúncia do Presidente.

Às 15h30, grupo ateou fogo dentro do Ministério da Agricultura, . A informação é de que os servidores dos ministérios deverão deixar os prédios.  O interior do Mapa foi depredado e grupo ateou fogo em área interna do prédio. No momento, o confronto impede a chegada do corpo de bombeiros.

A confusão começou por volta das 14h, quando ativistas de rostos cobertos tentaram furar o cordão de revista policial, montado pela PM entre a rodoviária do Plano Piloto e a Esplanada dos Ministérios.

Até o momento já existem registros de danos nos seguintes Ministérios: Ministério do Turismo, Ministério da Fazenda, Ministério do Planejamento, Catedral Metropolitana , Museu da República, Ministério de Minas e Energia.

Mais:

Ainda nesta tarde o presidente da república, Michel Temer  decretou a “ação de garantia da lei e da ordem” .

O decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União

“DECRETO DE 24 DE MAIO DE 2017
Autoriza o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem no Distrito Federal.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84, caput, incisos IV e XIII, da Constituição,e tendo em vista o disposto no art. 15 da Lei Complementar nº 97, de 9 de junho de 1999,
D E C R E TA :
Art. 1º Fica autorizado o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem no Distrito Federal, no período de 24 a 31 de maio de 2017.
Parágrafo único. A área de atuação para o emprego a que se refere o caput será definida pelo Ministério da Defesa.
Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 24 de maio de 2017; 196º da Independência e 129º da República.

MICHEL TEMER
Raul Jungmann
Sergio Westphalen Etcheg”

Fonte: Agrolink