Laranja

Demanda aquecida sustenta cotação da laranja

Publicado em 07/08/2015

Houve ligeiro aquecimento na demanda nesta semana no mercado brasileiro de laranja in natura. Segundo colaboradores do Cepea, além do clima um pouco mais quente, a volta às aulas também favoreceu as vendas, já que a laranja é bastante usada na merenda. Na parcial desta semana (segunda a quinta-feira), a laranja pera tem média de R$ 11,18/cx de 40,8 kg, na árvore, ligeira alta de 0,2% ante a semana passada. Para a próxima semana, a demanda pode se manter aquecida, já que a previsão ainda é de temperatura elevada, além de ser período de recebimento de salários.

A concorrência entre o mercado de mesa e a indústria por frutas tende a aumentar nos próximos meses, principalmente conforme for melhorando a qualidade da laranja pera, a “preferida” tanto pela indústria quanto pelo consumidor in natura. Dados recentes da CitrusBR (Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos) apontam baixos estoques de suco no final da safra 2015/16, o que elevaria a demanda por laranjas. Segundo a Associação, da produção total de São Paulo e do Triângulo Mineiro, estariam disponíveis para o mercado de mesa apenas 30 milhões de caixas de 40,8 kg de laranja, bem menos que o consumido normalmente – estimado não oficialmente entre 40 e 50 milhões de caixas.

Fonte: Cepea