Sanitário

Declaração do ministro Blairo Maggi sobre Brasil Livre da Febre Aftosa

22/02/2018

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, publicou vídeo em suas redes sociais celebrando o comunicado da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE na sigla em inglês) de que acolheu o pedido brasileiro e reconhecerá o País como zona livre de febre aftosa com vacinação.

A conquista é, de fato, digna de comemoração. São décadas de trabalho sério e dedicado de profissionais do Mapa, especialmente dos auditores fiscais federais agropecuários (Affas), em parceria com os serviços estaduais de defesa agropecuária e com diversos segmentos do agronegócio para que o Brasil conseguisse chegar a esse nível de segurança.

No entanto, nós do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) ficamos surpresos com a falta de reconhecimento do trabalho dos servidores do Mapa por parte do ministro.

No vídeo ele compartilha a conquista com vários segmentos privados do setor agropecuário, que segundo ele ajudaram a construir essa vitória, e não menciona os servidores do ministério. Sem dúvida, essa foi uma tarefa compartilhada, mas a sanidade animal é responsabilidade do Estado e exercida pelos servidores do Mapa em parceria com os serviços estaduais de defesa agropecuária.

O Anffa Sindical cumprimenta todos os auditores fiscais federais agropecuários, os demais servidores do ministério, os servidores dos órgãos estaduais de defesa agropecuária e os representantes do agronegócio que trabalharam de maneira abnegada, por décadas, para que o Brasil fosse declarado zona livre de febre aftosa com vacinação. Continuaremos trabalhando para que nossa carreira tenha condições de prestar serviços dessa qualidade à sociedade brasileira.

Maurício Porto
Presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários

Fonte: Agrolink