Notícias

Debates sobre bovinocultura ganham espaço no Dia de Campo de Verão

05/03/2015

Desde maio de 2014, a Agrária conta com o negócio de bovinocultura de leite, do qual participam atualmente nove cooperados. Em atendimento à nova demanda proporcionada pela atividade de diversificação, o Dia de Campo de Verão 2015 trouxe palestras sobre bovinocultura.

Na quarta-feira, o professor doutor Mikael Neumnn abordou o assunto “Planejamento forrageiro” na palestra sobre bovinocultura de corte. Já nesta quinta-feira, o palestrante Diego Langwinski trouxe a “Nutrição de precisão para bovinos leiteiros” para os interessados em bovinocultura leiteira.

O casal de médicos veterinários e cooperados, Ana Paula Leh e Ruben Migueis, assistiu às duas apresentações. “Na de bovinocultura leiteira, o palestrante deu bastante ênfase na análise do alimento, porque poucos produtores se preocupam com isso. Na verdade pode-se pensar que, por exemplo, a minha silagem está boa, mas na verdade está se dando menos que o requerimento necessário para o animal”, observou Ana Paula.

Segundo Langwinski, a nutrição de precisão ainda é uma questão de mudança de cultura no Brasil. “Qualquer animal precisa dos nutrientes para realizar suas atividades vitais. Nesse ponto é muito importante analisar os ingredientes para saber o real valor nutricional que cada um possui. E falo não apenas dos básicos, mas buscar informações mais precisas e aprofundadas”, frisou.

Com relação à palestra de bovinocultura de corte, Rubens destacou a importância da abordagem a respeito do planejamento forrageiro. “É necessário analisar bem cada pasto, ver o que é preciso fazer em relação à análise do solo, por exemplo. Achei o assunto bastante pertinente”, frisou.

Uma das sugestões do casal para as próximas edições é aumentar o espaço dedicado à bovinocultura. “É um negócio novo da Agrária e as palestras foram muito interessantes”, opinou Ana Paula. “E é sempre importante nos aprofundarmos cada vez mais”, acrescentou Ruben.

Fonte: Agrária