Trigo

Cultura e Manejo do Trigo

O trigo (Triticum aestivum) é uma planta de ciclo anual, cultivada durante o inverno e a primavera. O grão é consumido na forma de pão, massa alimentícia, bolo e biscoito. É, usado também como ração animal, quando não atinge a qualidade exigida para consumo humano.

O trigo ocupa o primeiro lugar em volume de produção mundial.
No Brasil, a produção anual oscila entre 5 e 6 milhões de toneladas. É cultivado nas regiões Sul (RS, SC e PR), Sudeste (MG e SP) e Centro-oeste (MS, GO e DF). O consumo anual no país tem se mantido em torno de 10 milhões de toneladas.Cerca de 90% da produção de trigo está no Sul do Brasil. O cereal vem sendo introduzido paulatinamente na região do cerrado, sob irrigação ou sequeiro.
Época de Semeadura
A semeadura deve ser realizada no período indicado para cada município, de acordo com o zoneamento agrícola para a cultura do trigo. As portarias atualizadas do Zoneamento Agrícola de Risco Climático para trigo, nas diferentes unidades da Federação, podem ser encontradas no site Internet do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) – http://www.agricultura.gov.br – , na área de Serviços, item Zoneamento Agrícola.
Sistema de Semeadura
A densidade a ser adotada deverá considerar a indicação para cada cultivar e para cada região produtora, conforme indicação técnica das instituições de pesquisa e/ou dos obtentores das cultivares. De acordo com REUNIÃO DA COMISSÃO BRASILEIRA DE PESQUISA DE TRIGO E TRITICALE, 2., 2008, Passo Fundo. Informações técnicas para a safra 2009: trigo e triticale. Passo Fundo: Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale: Embrapa Trigo: Embrapa Transferência de Tecnologia, 2008. 172 p., a densidade de semeadura indicada é:
  • Região Sul, SP e MS: a densidade de semeadura indicada é de 250 sementes viáveis/m2, para cultivares semitardias e tardias; para cultivares precoces e médias a densidade indicada é de 300 à 330 sementes viáveis/m2; para cultivares de duplo propósito a densidade indicada é de 330 à 400 sementes viáveis/m2.
  • Cerrado: para trigo irrigado a densidade indicada é de 270 à 350 sementes viáveis/m2 e para trigo de sequeiro indica-se a densidade de 350 à 450 sementes viáveis/m2.
A distância entre linhas normalmente indicada para trigo é de 17 cm, sendo, no máximo, 20 cm.
A profundidade de semeadura deve variar de 2 cm a 5 cm.
Indica-se utilizar a semeadura em linha, por distribuir mais uniformemente as sementes; pela maior eficiência no uso de fertilizantes e menor possibilidade de danos às plantas, quando for aplicado herbicida em pré-emergência
Uso da tecnologia de trigo de duplo-propósito
a) Semear conforme as indicações do período de semeadura (20 a 40 dias antes do período indicado para variedades precoces);
b) Utilizar 10 a 20% mais sementes que o indicado para cultivares precoces;
c) Corte ou pastejo: quando as plantas atingirem 25-35 cm de altura, obedecendo uma altura de resteva de 5 a 10 cm, o pastejo ou corte deve ser realizado até a formação do primeiro nó visível, para evitar o corte do meristema apical, pois se isto ocorrer o rendimento de grãos cai drasticamente. Dê preferência ao pastejo no sistema com lotação rotacionada, com ciclos de pastejo de 30 dias, com um a três dias de utilização e 27 a 29 dias de repouso. Em caso de pastejo com lotação contínua, deve ser mantido resíduo alto (1.500 kg de forragem seca/ha). Sugere-se retirar amostras representativas da área, cortando-se as plantas a 7,0 cm acima da superfície do solo e iniciar o pastejo quando houver oferta de forragem verde de 0,6 a 1,0 kg por m2.
d) Seguir as indicações da adubação nitrogenada para gramíneas forrageiras de estação fria, parcelando as aplicações (semeadura, perfilhamento e após pastejos);
e) Demais práticas culturais: seguir as mesmas indicações da lavoura de produção de grãos tradicional.

Fonte: Embrapa Trigo

http://www.ruralpecuaria.com.br/2011/04/cultura-e-manejo-do-trigo.html