Produtivo

Cultivo de flores

autor: Redação MUNDO RURAL – data: 22/07/11

O cultivo de flores pode produzir bons lucros, desde que sejam escolhidas variedades comerciais, bonitas, de qualidade e de boa durabilidade após o corte, para que se mantenham viçosas durante vários dias após serem colocadas em vasos ou floreiras, para enfeitar e dar vida aos ambientes em que se encontrem.

Muitas são as variedades e gêneros de flores cultivadas em jardins, para enfeitá-los, ou em plantações comerciais para serem colhidas e vendidas. Os principais compradores dos produtores são os atacadistas, floristas e floriculturas, redes de estabelecimentos comerciais, etc.

Como são vários os empregos das flores, para enfeitar ambientes e em diversas situações ou eventos, muitas são as espécies a serem cultivadas. Embora haja belíssimas espécies e variedades de flores, a rosa é considerada a “rainha das flores”. Naturalmente, a escolha das flores varia de acordo com as circunstâncias e o ambiente que devem enfeitar e dar vida, um ramalhete, um buquê de noiva ou um belo e caro vaso de cristal.

As flores podem ser tão delicadas e meigas que são um belo e agradável presente até para doentes internados em hospitais. Como dissemos, a rosa é considerada a rainha das flores mas existem, no entanto, outras belas e perfumadas flores, entre as quais podemos citar os crisântemos, lírios, dálias e cravos, muitas delas com as pétalas lindas e de uma grande leveza. Muitas das diversas espécies de flores possuem variedades de rara beleza, variando principalmente, por suas belas cores como, por exemplo, o amor-perfeito.

Escolha das espécies ou variedades

O principal, quando vamos adquirir flores para o plantio, é escolher as espécies ou variedades que melhor se adaptem aos nossos objetivos, às nossas condições de produção e à sua aceitação pelo comércio. Outro fator importante na escolha das espécies ou variedades das flores a serem cultivadas é a sua resistência às doenças que as podem atacar. Devemos levar em consideração as suas exigências em relação à temperatura ambiente, pois algumas não resistem a climas frios e outros aos quentes. Certas espécies, porém, podem ser cultivadas em climas quentes, frios ou temperados.

Algumas flores florescem, praticamente, durante todo o ano, enquanto outras o fazem em determinadas épocas, coincidindo, muitas vezes, com datas importantes como Natal, ano novo, finados, dia dos namorados, etc. A época da floração pode ser modificada pelo homem, bastando para isso que sejam tomadas algumas providências, entre as quais: semeadura ou plantio controlados, para que a produção ocorra nas épocas desejadas ou, também, tomando certas medidas que concorram para adiantar ou atrasar a época em que os jardins se enfeitem com as flores ou que as plantações comerciais comecem a produção.

Fonte: http://jornalmundorural.com.br/artigos/artigosgeral.php?subaction=showfull&id=1311354125&archive=&start_from=&ucat=23&