Soja

Cultivo de aveia preta no inverno beneficia culturas de verão subsequentes

28/10/2016

Segundo pesquisador da Agroalpha a cultura proporciona muitos benefícios aos cultivos de verão

No sul do Brasil, o período é de semeadura de culturas de verão, como soja e milho. Os preparativos para o sucesso destas lavouras, porém, começam antes, com cuidados ainda no inverno.A responsável técnica da Sementes Falcão, Fernanda Falcão, sabe da importância das culturas de inverno para o sistema produtivo agrícola. “Elas atuam no controle de plantas daninhas devido a seu efeito supressor/alelopático, promovem equilíbrio microbiológico, melhorando e conservando o solo, beneficiando a sanidade da cultura seguinte”, explica a engenheira agrônoma.

A aveia preta é um dos principais cultivos de inverno semeados pela família Falcão. Ela entrou no sistema de rotação de culturas quando foi implantado o plantio direto na propriedade, em 1982. Na época, de acordo com Fernanda, a cultura era utilizada para a cobertura de solo. Posteriormente, passou-se a fazer também a produção de sementes. Na última safra de inverno, a Sementes Falcão semeou 110 hectares da cultivar de aveia preta Agro Quaraí na região de Passo Fundo e Sarandi (RS). No verão, estas áreas serão ocupadas por soja e milho.

Segundo Ricardo Guilherme Matzenbacher, pesquisador da Agroalpha, empresa privada pioneira no melhoramento genético de aveia preta no Brasil, a cultura proporciona muitos benefícios aos cultivos de verão subsequentes. “A aveia preta apresenta uma saliente vantagem sobre outras espécies de cobertura por sua grande produção de matéria seca e, principalmente, pela lenta decomposição de sua palha”, salienta o engenheiro agrônomo. O solo protegido realiza um melhor aproveitamento dos recursos hídricos, facilitando a penetração da água, diminuindo o risco de erosão e mantendo sua temperatura em níveis adequados. Após sua decomposição, a matéria seca possibilita a melhoria do teor de matéria orgânica do solo, assim como viabiliza um incremento químico através da reciclagem de nutrientes. Além disso, Matzenbacher ressalta que o exuberante sistema radicular da aveia preta proporciona melhora na estrutura física do solo e facilita a mobilização do calcário.

“Também cabe ressaltar a redução de plantas invasoras nas lavouras de verão em função da palhada cobrindo o solo, impedindo a penetração de luz e, assim, inibindo a germinação de muitas plantas daninhas, além do efeito alelopático sobre diversas invasoras”, comenta Matzenbacher. Os nematóides, problema grave e de difícil controle na cultura da soja, podem ser reduzidos quando utilizados sistemas de rotação de culturas. “Diversas espécies, entre as quais a aveia preta, reduz a sua população por não serem suas hospedeiras, enquanto áreas em pousio, compostas de diversas espécies, muitas das quais invasoras, favorecem significativamente a sua multiplicação”, relata Ricardo Guilherme Matzenbacher. A aveia preta apresenta bom controle sobre os nematóides Heterodora glycines (nematóide de cisto), Pratylenchus brachyurus e Rotylenchulus reniformis (nematóide reniforme). Por estes motivos, a aveia preta é uma ótima opção de cultivo de inverno. “Além disso, hoje temos sementes certificadas de novas cultivares com maior potencial produtivo  e excelente sanidade”, complementa Fernanda Falcão.

Fonte: Agrolink