Notícias

Cooperativismo estimula segurança alimentar e agricultura sustentável

Brasília (4/3) – O superintendente do Sistema OCB, Renato Nobile, representa hoje o movimento cooperativista do lançamento do primeiro conjunto de valores empresariais globais e voluntários para o agronegócio e a indústria alimentícia. O evento ocorre em São Bernardo do Campo, em São Paulo, e é realizado pelo Grupo Temático de Alimentos e Agricultura da Rede Brasileira do Pacto Global, com o objetivo é impulsionar o desenvolvimento sustentável e a segurança alimentar em um setor estratégico para a economia brasileira.

O lançamento ocorre durante o workshop Princípios em prática. O encontro compartilha experiências de representantes do agronegócio, produtores rurais e especialistas da ONU e da sociedade civil, como a Associação dos Fornecedores de Cana da Região de Bariri (Assobari) e Bonsucro, a ONG The Nature Conservancy e as empresas Basf, Nestlé e Amaggi.

Ainda na programação, o CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável) lança a cartilha “Financiamento para Pequenos e Médios Produtores Rurais”, apoiada pela Rede Brasileira do Pacto Global. A publicação apresenta fontes de financiamento para a expansão da produção através de uma gestão mais produtiva e menos impactante ao meio ambiente, em sintonia com os objetivos dos PEAA.

PRINCÍPIOS – Os seis Princípios Empresariais para Alimentos e Agricultura (PEAA) oferecem uma abordagem integrada para o enfrentamento do desafio da crescente demanda global por alimentos. Da mesma forma, respondem à chamada da Conferência Rio +20 para a intensificação da produção sustentável de alimentos, com o aumento de investimentos locais, o acesso aos mercados locais e globais e a redução do desperdício nas cadeias de abastecimento.

Os PEAA são resultado de um processo amplo e inclusivo com diversos atores, que envolveu 20 consultas globalmente e incluiu mais de mil empresas, agências da ONU e organizações da sociedade civil comprometidas com os temas da agricultura, nutrição e sistemas alimentares. O Brasil fez parte da fase presencial de consultas em encontro que reuniu 57 representantes do setor em março de 2014.

Conheça os PEAA:

1.Promover segurança alimentar, saúde e nutrição;
2.Ser ambientalmente responsável;
3.Garantir a viabilidade econômica e compartilhar valores;
4.Respeitar os direitos humanos, criar trabalho digno e ajudar as comunidades rurais a prosperarem;
5.Incentivar a boa governança e a responsabilidade;
6.Promover o acesso e a transferência de conhecimento, habilidades e tecnologia.

Fonte: OCB