Notícias

Cooperativismo é alternativa para superar economia informal

Brasília (13/3) – Com intuito de compartilhar os casos de sucesso das cooperativas brasileiras, como agentes de geração de renda e inclusão social, a gerente de Relações Institucionais do Sistema OCB, Fabíola Nader Motta, participou, ontem, de uma mesa redonda sobre os “Desafios da economia informal”, durante o 8º Encontro da Sociedade Civil Organizada da União Europeia, América Latina e Caribe.

O encontro, realizado na cidade de Bruxelas, capital da Bélgica, reuniu cerca de 100 lideranças de diversos países na sede do Comitê Econômico e Social Europeu, que discutem a questão da economia informal.

Durante sua apresentação, a representante do Sistema OCB fez questão de frisar que, devido à sua natureza, o cooperativismo é um dos meios mais eficazes para solucionar a dificuldades e até problemas gerados pelos profissionais que ainda vivem na situação de informalidade.

“As cooperativas passam a ter um grande papel neste sentido, pois representam uma coletividade que trabalha com vistas à melhoria da qualidade de vida de seus associados. Além do mais, os cooperados podem negociar coletivamente, o que gera economia de escala e oficializa a atividade do grupo”, enfatiza Fabíola Nader.

O EVENTO – Empresários e trabalhadores de diversos países das regiões estão presentes no evento que prevê a discussão de várias questões, como: o câmbio climático; a dimensão econômica do desenvolvimento sustentável; a economia informal e a interação da sociedade civil com a Assembleia Parlamentar EU-América Latina.

Fonte: OCB