Notícias

Cooperativismo do AM marca presença no Fórum Mundial da Biodiversidade

Manaus (26/1) – O Sistema Cooperativismo Amazonense está presente no primeiro Fórum Social Mundial, apoiando e colaborando com as discussões em torno da preservação ambiental e segurança social das populações de países envolvidos. O evento ocorre em Manaus, de hoje até o dia 30 de janeiro, capitaneado pelos movimentos sociais locais, nacionais e internacionais.

Nomes como o da ex-ministra Marina Silva, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, senadores e políticos ligados à temática ambiental estão sendo são aguardados e possivelmente, devem ministrar palestras.

Hoje cedo, o superintendente do Sistema OCB/AM, Adriano Trentin Fassini, recebeu um dos coordenadores do evento, Deivid Carneiro Santarém, para conversar sobre o apoio que será dado para realização do evento, o qual terá público estimado de cinco mil pessoas.

“Vamos cooperar na logística e infraestrutura do evento, além de apoiar na divulgação para que um maior número de pessoas possa se engajar. As cooperativas, como têm cunho social entre seus preceitos, participarão efetivamente da iniciativa, ocupando espaços de exposição, como é o caso da Cooperativa Amazonense de Artesanato (Copamart). Haverá, ainda, o lançamento da Rede de Catadores de Resíduos, liderado pela Cooperativa Aliança”, adiantou Fassini.

EVENTO – Com o objetivo de fazer uma reflexão sobre o clima, agroecologia, meio ambiente, mercado de trabalho, biodiversidade e água, o Brasil, mais especificamente o Amazonas, torna-se palco do evento preparatória para o Fórum Social Mundial na Tunísia, a ser realizado em março deste ano e o próximo COP na França, em dezembro de 2015.

O encontro articula demandas desses movimentos sociais, focando nos seguintes eixos: Mudanças Climáticas e Direitos Humanos; Bacias Hidrográficas como base de planejamento; Agroecologia; Segurança e Soberania Alimentar; Biodiversidade; Bioética e o outro mundo possível e, por fim, Trabalho Decente e Transição Justa: Meio Ambiente sob a perspectiva sindical.

Continue lendo…

Fonte: OCB