Pecuária

Conjuntura de Mercado, custos e sucessão familiar são destaques em Encontro da Pecuária Leiteira

03/10/2016

5º Encontro da Pecuária Leiteira ocorreu entre os dias 29 e 30 de setembro

Conjuntura de mercado, custos de produção do leite, gestão da propriedade e sucessão familiar. Esses foram os temas de destaque do 5º Encontro da Pecuária Leiteira, promovido pela Scot Consultoria, entre os dias 29 e 30 de setembro, em Ribeirão Preto, São Paulo. O objetivo do evento é ajudar os produtores a se preparar para o futuro do mercado leiteiro, com novas alternativas e soluções que podem tornar a atividade mais lucrativa. A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou do encontro como ouvinte.

O primeiro dia contou com palestras de profissionais especializados em assuntos da cadeia produtiva de leite, como o consultor da Viva Lácteos, Marcelo Martins, que falou dos desafios que o Brasil precisa enfrentar para melhorar a competitividade do setor. “Nós precisamos de mais qualidade e segurança, inovações tecnológicas, marcos regulatórios, rendimento industrial, além de divulgação do nosso produto para fortalecer a imagem da cadeia”, afirmou Martins.

Sobre o mercado de leite e as expectativas de preços e ofertas para 2016 e 2017, o zootecnista da Scot Consultoria, Rafael Ribeiro, revelou que no primeiro semestre desse ano, o produtor sentiu o aumento dos custos de produção da atividade entre julho de 2015 e setembro de 2016. “Na pecuária leiteira, os grãos, principalmente o milho, representam 50% da alimentação dos bovinos. A falta do milho no mercado e o preço elevado contribuíram para a alta dos custos”.

Quando se preocupar com a sucessão familiar? Esse foi o tema da palestra do diretor da Tratto Consultoria, Daniel Pagotto. Para ele, a sucessão é um processo gradativo e seu avanço depende do posicionamento do líder da propriedade rural, que precisa implantar processos, para direcionar os trabalhos e garantir o futuro da fazenda. “A sucessão familiar significa a transferência de poder e patrimônio entre as gerações. Os jovens têm pouco interesse em dar continuidade ao trabalho no campo. Dessa forma, é essencial debater o assunto em família, enquanto o patriarca está vivo”, disse Daniel.

A manhã do segundo dia do Encontro da Pecuária Leiteira aconteceu na Fazenda Limoeiro, na cidade de Luiz Antônio (SP), a 55 quilômetros de Ribeirão Preto. A visita técnica mostrou aos participantes o histórico da fazenda, as técnicas utilizadas como manejo de pastagens, irrigação, recria de bezerras e novilhas e controles zootécnicos. À tarde, o grupo se encaminhou à sede da Embrapa Pecuária Sudeste.

Fonte: CNA – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil