Confirmada presença da Helicoverpa armigera em Rondônia

03/06/2014

Foi confirma em levantamento feito pela Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) a presença da Helicoverpa armigera no estado. Das 36 armadilhas instaladas em lavouras de soja de 20 municípios, nada menos que 14 deram positivo para praga.

“Mas podemos dizer que ela está presente em todo o Estado porque estudos comprovam que ela voa até mil quilômetros por noite”, explica o coordenador do Programa de Monitoramento de Pragas da Idaron, Getúlio Moreno.

No entanto, ele descarta a necessidade de decretar o “estado de emergência fitossanitária” em Rondônia. “Em entrevista aos produtores de soja, nenhum reclamou que estava com dificuldades para controlar a praga”, justifica o coordenador.

A Agência Idaron orienta ao produtor de soja que utilize as técnicas do Manejo Integrado de Pragas (MIP) para o controle da Helicoverpa armigera. Somente quando necessário e recomendado por engenheiro agrônomo deverão ser aplicados defensivos, e ainda assim apenas os registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “Se caso o produtor tiver dificuldades para realizar o controle, pode procurar a Idaron”, diz Moreno.

Agrolink
Autor: Leonardo Gottems