Pecuária

Condições do tempo favorecem a produção leiteira em Araxá

22/02/2016

O tempo influencia muito o cultivo, a fase de desenvolvimento e a colheita de todas culturas pelo país, e a produção de leite indiretamente não está livre destas condições do clima. Tanto a temperatura quanto a quantidade de chuva interferem na qualidade da alimentação das vacas, que dependem de uma boa pastagem e ração para, consequentemente, ter uma boa produção.

“O principal insumo desses animais é a pastagem, quando a temperatura está muito quente, ela seca e tem seu crescimento reduzido. Já quando o clima está mais frio, ela aumenta e favorece a alimentação dos animais”, explica Samuel Oliveira, pesquisador da Embrapa Gado de Leite. Além da pastagem, Oliveira também menciona que o clima interfere na produção dos volumosos e concentrados (como farelo de soja, milho e silagem), que são usados como suplementos à alimentação dos bovinos.

Neste ano, o clima de Araxá (uma das principais bacias leiteiras do Brasil) tem contribuído com a produção. De acordo com a Climatempo, e ao contrário do que aconteceu em janeiro de 2015, a quantidade de chuvas superou a média e atingiu 400 mm. No ano passado, esse número não passou dos 50 mm. E para o final de fevereiro e em todo mês de março, a previsão é favorável as condições de chuvas. “Temporais ainda podem ocorrer e frentes frias também podem chegar e influenciar a região. A chuva fica dentro da normalidade em ambos os meses”, revela Fabiana Weykamp, meteorologista da Climatempo.

No entanto, as temperaturas também devem ser observadas: “Quando tem temperaturas muito altas ou baixas, isso pode causar estresse no animal e afetar a produção leiteira”, ressalta Oliveira. Como o Brasil é um país tropical, o pesquisador da Embrapa conta que os maiores problemas, principalmente nas regiões mais quentes, ocorrem devido a temperaturas elevadas.

De acordo com a Climatempo, durante os próximos meses a temperatura poderá ficar de normal a acima da média até o fim de março, o que aponta para uma média de temperatura mínima de 17,5ºC, e máxima de 27,9ºC, conforme a medição histórica do Inmet.

Fonte: Agrolink