Produtivo

Componentes da produção em diferentes cultivares de mamoneira irrigada com água salina

Objetivando-se estudar os efeitos de cinco níveis de condutividade elétrica da água de irrigação (CEa: 0,7; 2,7; 4,7; 6,7 e 8,7 dS m -1, a 25oC), sobre a produção de três cultivares (Paraguaçu-1, Paraguaçu-2 e CSRN -367) de mamona (Ricinus communisL.), conduziu-se um experimento, no delineamento inteiramente casualizado com 3 repetições, em esquema fatorial 5×3. As variáveis avaliadas foram; dias para colheita (DPC), de acordo com o amadurecimento dos frutos, frutos no 1º cacho (FC) aos 120 dias após semeadura (DAS), peso dos frutos (PF), das sementes (PS) e de 10 sementes (P10S) aos 150 (DAS). Não houve efeito interativo dos fatores para os pesos dos frutos e das sementes. Nos dias para colheita, a cultivar CSRN-367 apresentou-se mais precoce em todos os níveis salinos. Os frutos nos cachos diminuíram com o aumento da salinidade, onde a Paraguaçu-1, não apresentou frutos no nível salino mais elevado 4,7 dS m -1. A cultivar Paraguaçu-2, apresentou peso de 10 sementes 8,60% e 36,71 superior a Paraguaçu-1 e a CSRN -367, respectivamente, no nível salino NS 2.

Fonte: biodieselbr.com