Variedades

Comparativo entre sistemas de plantio de mamona cv. Brs 149 nordestina: mudas vs sementes

Visando o aproveitamento da curta estação chuvosa do nordeste brasileiro, este trabalho objetivou avaliar o sistema de plantio de mamoneira (Ricinus communisL. cv. BRS 149 Nordestina) por mudas produzidas em saquinhos, em condições de viveiro, e por sementes. Um experimento foi conduzido na Estação Experimental da Embrapa Algodão, localizada no Município de Missão Velha, CE. O transplante das mudas com 40 dias após a emergência e a semeadura foram feitos em 13.03.2004.O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com 5 repetições e 7 tratamentos (6 tratamentos com mudas e 1 com sementes). Utilizou-se três substratos (mucilagem de sisal, esterco bovino e solo argiloso), combinados com dois tamanhos de recipientes nas dimensões de R 1-12cm x 15cm x 0,002 cm e R2-15cm x 25cm x 0,002cm . Avaliou-se a percentagem de pegamento, altura do primeiro cacho e da planta, diâmetro caulinar, número de cachos por planta, e das produtividades de sementes e matéria seca das partes aéreas (folhas e caule, ramos e inflorescência). Observou-se um maior pegamento das planta no campo e maior rendimento para plantas produzidas em saquinho em relação as plantas semeadas diretamente no campo.

Fonte: biodieselbr.com