Como os órgãos de fiscalização poderão saber se houve desmatamento?

As informações contidas no CAR serão cruzadas com imagens obtidas por satélite pelo Instituto Nacional de Pesquisa Espacial (INPE) e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e assim será possível saber se houve desmatamento além do permitido. Com as fotos é possível identificar o que um fazendeiro plantou, as áreas que desmatou ou preservou, as que se regeneraram naturalmente ou foram recuperadas.

O órgão competente para fazer o monitoramento passa essa informação para aqueles com competência de fiscalizar, e estes poderão acionar o Ministério Público.

Essa triangulação e mais a conscientização da população sobre a necessidade de se adequar às regras ambientais deverão desencorajar o desmatamento.

 

Fonte: Ministério Público Federal